As uvas estão verdes

A grande vitória sobre o Santos por 1 a 0 – resultado com sabor de goleada -, o Grêmio praticamente confirma sua classificação direta à Libertadores de 2016. Muita gente queria essa vaga e agora a desdenha. A velha fábula das uvas verdes continua muito atual.

Nove pontos separam o Grêmio de seu mais próximo rival, o Santos, quarto colocado. Os mesmos nove pontos separam o Grêmio do líder e virtual campeão, o Corinthians. Então, se o Grêmio está classificado, também não tem nenhuma chance de título. Mas por que será que eu sigo acreditando? Porque é ofício do torcedor acreditar, acreditar sempre.

Sobre acreditar, quero dizer que eu acreditei que depois de 24 horas sem energia elétrica, eu ainda poderia assistir ao jogo contra o Santos pela TV.

Ledo engano. Eu sou um dos ‘500 mil domicílios da grande Porto Alegre’ que ficaram sem luz em razão do temporal terrível que devastou o Estado.

Então, fui obrigado a ‘ver’ o jogo de uma maneira inusitada: à luz de vela e radinho portátil. 

Penso que muita gente fez o mesmo.

O importante é que o Grêmio venceu e o sol voltou.

O que faz um gol do Bressan? Até o sol voltou.

Bressan é a prova de qualquer jogador pode a qualquer momento nos dar alguma alegria. É do futebol!

 

 

Se gostou, compartilhe!

  • Michel Fernandes

    Grande trabalho do Roger e da comissão técnica. Menção honrosa (seria mais honrosa se demitisse o rui costa por incompetência, sem falar nas acusações de negociatas obscuras em parceria com o Chavare) ao Presidente que ao contrário do que muitos (inclusive eu) diziam ou pensavam não foi uma rainha da Inglaterra.

    Gostaria de ver o time jogar a libertadores com essa base e alguns reforços dentro de uma coerência com a filosofia implantada a partir de 2015 pelo Presidente e pelo treinador. Nomes que me parecem interessantes:

    Apodi (LD – chapeca)
    Raul (LD – grêmio)
    Fred (zagueiro – goiás)
    Rithiely (volante/meia – sport)
    Ramiro (volante – grêmio)
    Camilo (meia – chapeca)
    Lincon (meia – grêmio)
    Everton (atacante – grêmio)
    Erik (atacante – goiás)
    André (centroavante – sport)

    Das renovações, douglas, edinho, erazo e galhardo só a baixo custo, se dificultarem pode liberar.
    O maicon merece um esforço maior, mas não se pode pagar nem metade do que o SPFC quer.
    Se desse pra investir com mais força o foco seria um camisa 10 bom de bola e que chamasse a responsabilidade, coisa rara (e cara) no mercado.

    • Alexandre Sanz

      Muito cara.

  • Arthur J

    Jogo difícil o de ontem.

    O primeiro tempo foi bom, mas no segundo tomamos uma pressão do Santos. Por sorte o Pastor Oliveira não jogou, senão a coisa poderia ter ficado feia.

    O esquema com centroavante pode funcionar, mas acho que teria que ser alguém melhor que o Bobô, que até agora mostrou ser bem meia-boca. Quem sabe o Mamute no ataque?

  • Walter Luis Borba

    Essa campanha do Grêmio é exemplar. Apesar de eu dar umas corneteadas na equipe, tenho que, pelo material humano que é disponibilizado ao Roger ele fez o possível.

    Essa equipe do Grêmio se tivesse o Ricardo Oliveira era campeã. E olha, que segundo o Darci Filho o Ricardo Oliveira não veio por conta de R$ 30.000,00.
    Investiram no Brain, e não quiseram pagar os 30.000 a mais para o Ricardo.

    Se demitissem a época o Rui Costa dava para os R$ 30.000 a mais ao Ricardo Oliveira com sobra.

    Francisco,

    Acho esse Cardona bom jogador. Mas tenho urticária de jogador castelhano.
    Esse Dalessandro me fez criar NOJO de jogador castelhano, principalmente ARGENTINO.
    Castelhano aceitaria apenas TRÊS: PONSIO – SANCHES e ou ZUNIGA.
    Motivo da contratação: BATER NO DALESSANDRO a torto e direito!
    kkkkk

    Por fim, eu tentaria o Felipe Andersen – acho que está no Lazio.

    • Francisco Coelho

      É colombiano.

      • Walter Luis Borba

        Ato falho – pensei que fosse Argentino.
        kkkkk

        Mas, enfim, ainda assim tenho pé atrás com castelhano – seja qual for a origem.

        Francisco, o dia que vier jogar pelo Grêmio um Vidal, Di Maria, Aguero, James Rodrigues, Cavani, o Luiz Soares….

        Enfim, quando vier uns caras dessa estirpe voltou a querer castelhano.

        Castelhano BOM está na europa! Os que vem para o Brasil são genéricos…

        • Francisco Coelho

          A única restrição ou vantagem é que é destro. Segundo li agora ele estava negociando para vir jogar no SP com o Osorio. É um 10 de pé direito.

          • Alexandre Sanz

            Cardona é excelente jogador, mas deve ser caro, outro que é muito bom é um tal de Yulián Mejia e Luis Carlos Ruiz, ambos colombianos do Atlético Nacional

          • Francisco Coelho

            O Yulián se recuperou e chuta com as 2.
            http://colombia.as.com/colombia/2015/04/15/futbol/1429097684_460147.html
            Ruiz é atacante.

          • Alexandre Sanz

            Ruiz e centroavante dos bons, para ser mais exato, Yulian meia esquerda.

        • Arthur J

          Colombiano, via de regra, é meio peladeiro…

          Lembro do Perea: sempre impedido, sempre mal posicionado…

    • Gabriel

      Particularmente eu apostaria nos equatorianos Ayoví ou Valência.

      Colombiano bom é o Cuadrado, que sem espaço no Chelsea, foi emprestado à Juventus. O problema é que é titular na Itália.

  • Daniel Scherer

    Jogo complicado ontem, e convém lembrar que o Santos é junto com Corinthians o time que melhor futebol tem jogado ultimamente. E apesar disso, o Grêmio teve momentos de superioridade flagrante, especialmente no primeiro tempo. Naturalmente o Santos iria pressionar e encurralar o Grêmio na segunda etapa, e por pouco o P.Junior não mata o jogo. Acho que este tem sido nosso maior problema: matar o jogo quando a oportunidade aparece. Menção honrosa para o B.Grassi, que na minha opinão foi bem no jogo, mostrou tranquilidade nos lances que foi exigido. Na minha opinião foi um grande jogo, e esse time do Santos é muito bom, só joga, fez apenas 4 faltas contra 14 do Grêmio, e mesmo assim teve segurança defensiva. Grande resultado, não dá para reclamar, não betemos em galinha morta.
    Imaginem se o Luca Lima saísse da forma que saiu do Inter, fosse do Grêmio. Todo dia teria uma reportagem ou entrevista falando sobre a incompetencia do tricolor.

  • Gustavo Medeiros

    Pô Ilgo,

    ficou sem cerveja gelada ontem?

    Que sacanagem !!!!

    • Ilgo Wink

      Cerveja cai bem aténa temperatura ambiente, eheheh

  • Gustavo Medeiros

    Tomara que o Mamute volte a jogar a bola que vinha jogando no início do campeonato.

    E que o Ramiro volte bem também. Vão ser importantes nessa reta final.

  • Marcio Luiz

    Grêmio teria interesse no Nikão do furacão, tem 23 anos, 6 gols e 7 assistências no BR.

    Grêmio pode acertar mais um ano de empréstimo do Galhardo. Em troca Werley ficaria no Santos. Galhardo é fraco, mas gostei do negócio hahahahahahhahahahaha

    • Gabriel

      Estava com medo de em que em função de algum tipo de acordo de cavalheiros o Werley não pudesse jogar. Graças a Deus jogou…

      • Marcio Luiz

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        Não só jogou como tb nos ajudou ao dar de presente aquele escanteio q resultou no gol…
        Como é bom esse Werley heiiôô Batista?!! hahaahaa

  • Alexandre Sanz

    Bem ganhamos, e jogando muito bem.
    Quais são os três melhores times do Brasil atualmente?
    Dá para dizer: Corinthians, Atlético Mineiro e Santos, acho que sim, não?
    Neste campeonato o Grêmio tem em 5 jogos, 4 vitórias e 1 empate, são 10 gols pró e 3 gols contra, sendo 3 jogos fora e 2 em casa, nada mal hein?

    • Marcio Luiz

      olha… taticamente falando acho o gremio o melhor dos 3 acima falados… isso sem falar q temos um elenco bem reduzido.

  • Gabriel

    Ilgo, o que eu gostei ontem foi que o time acrescentou a virtude que até agora não havia mostrado : a força para não ceder o empate.
    Dominamos o primeiro tempo com o bom e velho toque de bola do time do Roger e quando o adversário emparelhou na técnica a força do tricolor sustentou o resultado. Não foi daqueles resultados conquistados “à fórceps” porque jogamos de igual para igual a segunda etapa inteira e no melhor momento do adversário o Pedro Rocha perdeu um gol feito.

    —————————————————————————————

    Não li nada na imprensa “gauche “, mas a segurança que o Bruno Grassi deu nos cruzamentos foram importantes para manutenção do resultado.

    E ainda o que jogaram o Maicon e o Geromel foi sacanagem!!!

    Quem esteve bem abaixo foram o Giuliano e o Luan, mas esses têm crédito sobrando neste campeonato.

    • Ilgo Wink

      Bruno Grassi passou no teste

  • Gabriel

    Ilgo, gostaria de ressaltar o público que com as cercanias da Arena com água à meia porta, colocaram mais de 10000 espectadores.

    Tem clube, com estádio onde se disputou a Copa, que, em domingo de sol às 16 h pari uma bigorna para colocar 20000!!!

  • nelsongz2

    Vou dar uma de Lauro Quadros e dizer o que ninguém disse.
    Apesar de uma rateada no primeiro tempo, o melhor jogador do Grêmio na partida foi o Wallace. Dominou o setor, o Maicon participou bem, mas estava lento na marcação.
    Aquela metida do Wallace para o Pedro Rocha foi perfeita.
    Saúdo a participação dele, também, porque vinha errando muitos passes e neste jogo isso não aconteceu. Nota 9,9 para ele.

    • Francisco Coelho

      A seleção aparenta ter feito bem ao Walace.

    • Alexandre Sanz

      Nelson, quem deu a metida, foi o Maicon.

  • Francisco Coelho

    Qualidade técnica, liderança dentro e fora de campo e experiência. Essas são algumas das características do escolhido para ser o capitão da Seleção Brasileira Sub-17 no Mundial do Chile: Lincoln, meia que já atua entre os profissionais do Grêmio.

    Brasil x Coreia do Sul se enfrentam às 19h de hoje em Coquimbo. Sportv3

  • Francisco Coelho

    Já votou no RW HOJE?

    Eu já depositei muitos votos nesta reta final e vou continuar até a apuração. VAMOS VOTAR…

    Prêmio Press-Participação diária

    Voto popular Jornalista web item 10

    Ricardo Wortmann cornetadorw

    http://revistapress.com.br/v15/?page_id=13

  • Ilgo Wink

    Pessoal, estou fora de POA. Então, não verei o jogo de domingo. Quem quiser escrever um comentário mande pro meu email que eu publico no post. Grato

  • Francisco Coelho

    Parabéns aos torcedores do Brasil de Pelotas.

    Numa partida onde os passes demoravam e a maioria eram fortes dificultando o domínio ou no pé dos adversários a seleção sub 17 perdeu na estréia. Não souberam abrir a muralha da Coréia.

  • Andre Peixoto – Sarandi/RS

    E esse Nikão que dizem q o Grêmio tem interesse? Será q na base não tem gente melhor?

    • Francisco Coelho

      André; provavelmente tem. É que os contratados são mais valorizados.

  • Daniel Scherer

    Que partida horrorosa do Luan.

  • Daniel Scherer

    Não tem explicação. Com essa de hoje, para mim terminou o ano. Larguei, que venha 2016 e tomara que ainda consigam manter a vaga para a LA2016. Para mim, Roger hoje foi uma decepção completa, Luan apenas fardou, Douglas fez o gol e passou o resto do jogo troteando em campo. Roger fez o que? Tirou o Bobo e colocou o P.Rocha, mas não sabe fazer outra coisa, será que não viu que o time estava perdendo o meio e que o Apodi estava passeando em cima do M.Oliveira. Custava segurar um pouco o jogo tirando o Douglas e reforçando o meio.Até 2016 pessoal, bom final de ano a todos. Me nego a comentar algo mais sobre esse time, é inadmissivel tomar uma virada em casa de qualquer time, quanto mais da Chapecoense.

  • Marcio Luiz

    Q derrota decepcionante… não pode vencer uma contra adversário direto q as moças sobem no salto… digo isso do luan, douglas…. Mas com certeza qm critica esses jogadores não sabem nada de futebol… Devem gostar de qm só anda/desfila no campo…

  • Francisco Coelho

    A explicação é simples onde a Chapecoense foi o Grêmio no segundo tempo e mais competente.

    Guto Ferreira leu bem o jogo do primeiro tempo e no segundo arrumou a Chapecoense.

  • Arthur J

    Falaram em “9 decisões”, taí o resultado: mais uma pipocada do Grêmio.

    Derrota constrangedora, time morto, sem personalidade, levaram um vareio da chape. Apodi e Camilo passearam em campo.

    Demorou, mas o Grêmio voltou a ser o Grêmio ridículo de sempre.

  • Francisco Coelho

    Para pensar e avaliar:

    Na minha forma de ver futebol as escolhas de banco e posições do Roger são os fatores que dificultam a manutenção de resultado ou mudança. Insistir com algumas peças é enxugar gelo ou tentar trocar o pneu com o carro andando.

    William Schuster, Vitinho e Braian no banco é brincadeira do Roger.

    Bobô marcou e só. É pouco para quem quer títulos. Yuri e Pedro não vêm entrando bem e isso é treinamento e velocidade.

    Há uma tendência do time gremista de se acomodar com o placar favorável enquanto o adversário líder do campeonato mantém o mesmo ritmo buscando o maior placar possível.

    A verdade é que tendo jogador ruim ou mediano no elenco os treinadores terminam usando e ai a vaca vai para o brejo.

    Novamente as laterais gremista são pontos críticos.

    Na ZH de hoje há uma lista de jogadores por posição bem legal com ótimas opções.

    Eu olharia com carinho os seguintes jogadores: LD Yago Picachu – Glaybson Yago Souza Lisboa, LE Bryan Silva Garcia, 2º volante Hernani Azevedo Junior, Gabriel Augusto Xavier, AT Neilton Meira Mestzk e AT Marcelo
    Aparecido Toscano

    Com as peças provavelmente seria um belo time Grohe (Leo), Yago (Raul), Thyere (Bressan, Lucas), Geromel (Denilson) e Bryan (Marcelo), Walace (Edinho), Hernani (Arthur, Moisés e Balbino), Luan (Giuliano, Tontini) e Gabriel (Douglas, Lincoln), Neilton (Pedro Rocha, Éverton) e Toscano (Batista, Bobô).

    Se funcionaria só montando para ver. Kkkkkkk

    LATERAIS-DIREITOS

    • Rodinei: 23 anos Ponte Preta

    Em uma posição carente no futebol brasileiro, Rodnei aparece como uma das melhores opções no mercado da Série A. Fica sem contrato com a Ponte no final do ano. O lateral foi revelado pelo Avaí e passou pelo Corinthians em 2012. Ele chega bem na frente e tem recomposição rápida. Se destacou contra a dupla Gre-Nal. No Brasileirão, deu três assistências e 25 passes para finalização.

    • Apodi: 28 anos Chapecoense

    Elogiado pelo presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, Apodi, com passagem pela base do Inter, é um lateral extremamente ofensivo e veloz. A eficácia na
    frente, no entanto, cobra um preço atrás. Ele é um jogador que precisa ser
    protegido.

    • Leandro Silva: 27 anos Figueirense

    Leandro é um lateral defensivo. Está entre os três maiores ladrões de bola do Brasileirão, com uma média de 4,5 desarmes por partida. Há duas temporadas defendendo o Figueirense, o jogador revelado pelo São Caetano tem passagens por Santos e América-MG.

    • Yago Picachu: 23 anos Paysandu

    Lateral artilheiro, marcou oito gols e deu seis assistências na Série B do
    Brasileirão. Só o preconceito com o apelido, e talvez a altura, 1m69cm, pode
    justificar ainda não estar na Série A.

    ZAGUEIROS • Felipe Macedo: 21 anos Goiás

    Apesar da lambança na partida contra o Grêmio – foi expulso após cometer
    pênalti grosseiro –, o zagueiro é um dos grandes responsáveis pelo Goiás, mesmo em 18º, ter uma média de um gol sofrido por partida no Brasileirão – melhor do que a do Santos, no G4. Apesar do 1m87cm de altura, é rápido e preciso no jogo aéreo. Chegou a viajar para a França para acertar com o Monaco, mas a negociação não se concretizou.

    • Marquinhos: 32 anos Figueirense

    Um zagueiro experiente e com perfil de liderança. Tecnicamente, o capitão do Figueirense, de 1m94cm, parece viver o auge na carreira. É bom cabeceador de área a área: já marcou seis gols nesta temporada.

    • Neto: 30 anos Chapecoense

    Com poucas chances no Santos depois de desperdiçar pênalti decisivo no Paulista de 2014, rescindiu o contrato e foi para a Chapecoense. O zagueiro de 1m95cm é um dos destaques do time e tem contrato apenas até o final do ano.

    • Renan Fonseca: 25 anos Botafogo

    Contratado pelo clube carioca junto ao Santa Cruz-PE, o zagueiro barbudo de 1m89cm se destaca pela eficiência e regularidade. Jogou todos os jogos da Série B como titular. O Botafogo tem a defesa menos vazada.

    • Guilherme Mattis: 25 anos Vitória

    Zagueiro de muita força física, estilo tanque, Mattis costuma colar nos
    atacantes, marcar de perto. No final do ano passado e no início deste, teve
    rápida passagem pelo Fluminense.

    LATERAIS-ESQUERDOS • Reinaldo: 26 anos São Paulo

    Com a ascensão do jovem da base Matheus Reis, o lateral se tornou a terceira opção para a posição no elenco. No início do ano, porém, chegou a deixar o titular Carlinhos no banco. Sem ser utilizado e com contrato até 2017, poderia ser negociado por empréstimo de baixo custo.

    • Renê: 23 anos Sport

    O piauiense foi contratado ainda para a base do Sport junto ao Picos. É um
    lateral com ótimo condicionamento físico. No Brasileirão passado, atuou nas 38 rodadas e, nesta edição, na qual já marcou dois gols e deu três assistências, foram 27 partidas de 30.

    • Chiquinho: 26 anos Santos

    Meia e lateral ou lateral e meia? O canhoto Chiquinho é um jogador versátil.
    Uma lesão muscular e a revelação de Zeca fizeram ele perder espaço na Vila, onde chegou no início do ano vindo do Fluminense.

    • Bryan: 23 anos América-MG

    Melhor lateral-esquerdo do Campeonato Mineiro, Bryan teve sua sequência na Série B atrapalhada por uma lesão muscular. É um jogador que se destaca pelo apoio, é rápido e bom driblador.

    VOLANTES • Willian Arão: 23 anos Botafogo

    Revelado pelo Corinthians, Willian Arão precisou rodar por Portuguesa, Chapecoense e Atlético-GO para amadurecer. É um dos melhores jogadores na Série B. Um volante que atualmente seria descrito como “moderno”, que se move de área a área. Em 2012, fez parte do elenco corintiano campeão da Libertadores e do Mundial.

    • Fernando Bob: 27 anos

    Ponte Preta

    O futebol de Fernando Bob amadureceu muito desde que saiu do Fluminense, onde foi campeão brasileiro, em 2010. Passou por Atlético-GO, Vitória e chegou na Ponte em 2013. O volante é o capitão do time e um dos melhores passadores do Brasileiro. O Corinthians estaria sondando o jogador.

    • Rithely: 24 anos Sport

    Mostrou neste Brasileirão que o Inter estava certo e tentar sua contratação no ano passado. Com o cartaz atual, porém, não deve ser negociado por empréstimo.
    É um volante de bom passe _ deu três assistências no Brasileirão – e com
    precisão nos desarmes.

    • Otávio: 21 anos Atlético-PR

    Depois de Rodrigo Dourado, é o maior ladrão de bolas do campeonato, com uma porcentagem de acerto nos botes maior do que a do colorado. Comete poucas faltas e não leva muitos cartões.

    • Hernani: 21 anos Atlético-PR

    Colega de Otávio na “volância” do Atlético-PR, é o segundo homem de
    meio-campo. Chega melhor à frente do que o colega, com bons chutes de média e longa distância. Marcou três gols no Brasileiro.

    • Daniel Costa: 27 anos Santa Cruz

    Exímio cobrador de falta, o volante barbudo assumiu a titularidade em meio a Série B e foi responsável pela recuperação do Santa Cruz, que hoje figura no G4. Já rodou por 10 times.

    MEIAS

    • Marcos Guilherme: 20 anos Atlético-PR

    Não é fácil tirar a jovem promessa do Atlético-PR, clube conhecido por
    dificultar a negociação, mas alguém imaginava que Marcelo Cirino sairia no
    início deste ano? O meia-atacante ficou ainda mais valorizado neste ano, ao ser convocado para disputar, com a seleção, o Sul-Americano e o Mundial Sub-20.
    Rápido e habilidoso, driblador, o meia-atacante atua com desenvoltura em todas as posições do meio para a frente e tem precisa e potente finalização.

    • Gabriel Xavier: 22 anos Cruzeiro

    Contratado junto a Portuguesa no início deste ano, Gabriel Xavier caiu na graça da torcida com seus dribles e mobilidade. Para cair na graça dos técnicos, no entanto, ainda falta um pouco mais de regularidade, mas tem muito potencial.

    • Neto Moura: 19 anos Sport

    Um meio-campista na acepção da palavra. Que marca como um volante e sai para o jogo como um meia, com ótima noção tática. Seria uma aposta para um futuro próximo, pois ainda tem alguns fundamentos a serem lapidados.

    • Camilo: 29 anos Chapecoense

    Talvez hoje o canhoto não fosse titular na dupla Gre-Nal, mas tê-lo como opção no banco justificaria chamar o grupo de jogadores de forte. É um meia veloz, que mais carrega a bola do que arma, mas que tem boa visão de jogo. Neste Brasileirão, deu três assistências e marcou três gols.

    ATACANTES • Clayton: 19 anos Figueirense

    Uma das revelações do Brasileirão de 2014, o jovem atacante é uma afirmação da edição deste ano ao repetir o bom desempenho. Neste campeonato, já são cinco gols e seis assistências em 22 partidas. Apesar de ter contrato outubro de 2017, Clayton já indicou que deve deixar a equipe ao final da temporada. Cruzeiro, Palmeiras, Atlético de Madrid e CSKA Moscou apareceram no noticiário nos últimos dias como principais interessados. Atacante de velocidade, habilidoso e com boa visão de jogo, ele se valorizou ainda mais ao ser convocado para a seleção brasileira que disputou o Pan Americano de Toronto. Foi vice-artilheiro da competição, com 4 gols em 5 jogos.

    • Biro-Biro: 20 anos Ponte Preta

    Foi emprestado pelo Fluminense até o final do ano para ter sequência de jogos e amadurecer seu futebol. Teve e correspondeu, com seis gols no Paulista e seis no Brasileiro. É extremamente veloz e dribla fácil.

    • Rafael Marques: 32 anos Palmeiras

    Atacante muito útil pela quantidade de funções que cumpre, é o artilheiro do
    time no ano mesmo sendo reserva. Termina o empréstimo no final do ano e não quer voltar à China.

    • André: 25 anos Sport

    Sugerir a contratação de André depois da passagem pelo Atlético-MG pareceria loucura se ele não tivesse marcado 10 gols no Brasileirão e não desse sinais de que voltou a priorizar a carreira.

    • Neilton: 21 anos Botafogo

    O carimbo de “novo Neymar” pesou no Santos e foi vendido ao Cruzeiro
    antes de, sem chances, ser emprestado. No Botafogo está tendo sequência e já foram quatro gols em 10 jogos na Série B.

    • Marcelo Toscano: 30 anos América-MG

    É uma ótima opção para a falta de centroavante no mercado da Série A. É o
    vice-artilheiro da Série B, com 11 gols e ainda deu 7 assistências para os
    colegas. Vive o melhor momento da carreira, que tem nove clubes defendidos.

  • Pedro de Lara

    Importante derrota.
    Hora de avaliações MENOS entusiásticas de alguns jogadores.

  • Pedro de Lara

    Tem muito jogador sem perfil vencedor. Não se conquista nada com esses.

  • Pedro de Lara

    Luan mais uma vez decepcionante.
    Será que está fora de lugar ou ele é um daqueles inúmeros atletas talentosos que não desenvolvem o necessário espírito competitivo?

    • Arthur J

      As duas coisas

  • Alexandre B. Galiazzi

    Com o segundo gol, pensei: Tá pelada a coruja!!! Quem imaginaria um segundo tempo como o que aconteceu ontem??? Nosso “Elegante” fazendo um pênalti infantil, a bola iria para a linha de fundo… Aquele gol reascendeu a Chapecoense mas não mexeu com nosso time… Parecia que a vitória já estava assegurada… Queimamos 3, dos 9 pontos de gordura. Oremos…
    Ah, pra quem está com saudades do Saimon, procure o jogo do Figueirense desta rodada, ele fardou como titular e jogou (???) todo o tempo.