Depois da decepção com a gurizada gremista ao perder a decisão do Brasileirão de Aspirantes para o Inter, em Caxias, sobrou alegria com a vitória do time principal, que, sob o comando do Mestre Maicon goleou o Atlético Mineiro no
Enquanto a Libertadores não volta, me distraio com o Brasileirão, que é chato, mas que não sai da cabeça do torcedor. A cada vitória do time, como os 2 a 1 sobre o Ceará, em Caxias, volto a sonhar, um
Nos meus tempos de repórter esportivo pelo Correio do Povo e TV Difusora/Bandeirantes (hoje conhecida como Band), tinha por hábito observar os treinos das categorias de base. Conversava muito com o grande radialista Glênio Reis, outro que gostava de ‘descobrir’
O Grêmio mais uma vez teve o jogo em sua mão para decidir, mas deixou escapar a vitória sobre um Corinthians acuado, tão acuado que tratou de fazer cera sempre que possível para garantir o empate na Arena. O juiz
O Grêmio teve um primeiro tempo decepcionante, um filme de terror. Os minutos demoravam a passar. Eu só queria que o time conseguisse ir para o vestiário com o 0 a 0, confiando que Renato saberia ajustar o time, equilibrando
Depois de alguns dias de excitação por parte dos técnicos Renato e Jesus, dos jogadores, da mídia em geral (em especial a ufanista do Rio), e dos torcedores dos dois clubes, eis que todos evitam excessos verbais e até mudam
Estamos a três dias do jogo do ano. Um jogão. Não é nenhum jogo do morosão, que mais uma vez não tem a dupla disputando o título. Triste. Muito menos algum jogo da Copa do Brasil. O torneio acabou decidido
O Grêmio está crescendo na hora certa. É o que a gente percebe tanto pelas quatro vitórias seguidas, culminando com os 6 a 1 desta noite, na Arena, sobre o sofrido Avaí, como pelo nível das atuações. Algumas individualidades estão
“Pela sexta vez, o mundo está aos pés de Lionel Messi. O craque do Barcelona superou Virgil van Dijk, do Liverpool, e Cristiano Ronaldo, da Juventus, e conquistou o prêmio “Fifa The Best” de melhor jogador do mundo da temporada
O Grêmio não sentiu os desfalques de Geromel e Jean Pyerre e não se intimidou com a invencibilidade de mais de um ano do Santos em seu reduto, a Vila Belmiro, local de muitas frustrações do futebol gaúcho. Afinal, tem