Se no ano passado o Grêmio sofreu para se classificar na fase de grupo (fez um ponto em nove no primeiro turno), desta vez tudo será diferente. A vaga deve vir sem sobressaltos, a exemplo do que aconteceu nesta noite,
Além dos três pontos tão necessário para quem ambiciona disputar o título do Gauchão contra o carrasco tricolor, a vitória por 3 a 0 sobre o Juventude serviu para mostrar que o técnico Renato tem agora um grupo numeroso e
Em 1982, logo ao assumir como vice-presidente de futebol do Grêmio, Alberto Galia (já falecido) tinha como primeiro objetivo contratar um treinador, e só a partir daí começar a busca por jogadores. Era um outro tempo, primeiros anos de um
A torcida que se orgulha de preservar e enaltecer seus ídolos – ao mesmo tempo em que busca fustigar seu maior adversário abaixo do Mampituba por não ter o mesmo cuidado – faz agora uma fritura pública daquele que chegou
Vencer o Grenal, eliminando o rival maior (no Estado), e uma semana depois entregar de bandeja o título do primeiro turno para um Caxias com seu time modesto, mas bem organizado, é revoltante. O grau de irritação e revolta do
Não sou muito ligado em ranking disso ou daquilo. Mesmo quando favorecem minhas teses e confirmam alguma opinião que eu tenha dado. Mas tem um ranking aí que faço questão de ampliar sua divulgação porque, interesseiramente, vem ao encontro do
Poderia ser um parto sem dor, sem sofrimento. Era jogo para matar no primeiro tempo, quando o Grêmio foi superior. Alisson perdeu a bola do jogo logo no início, e não se perde gol assim num clássico, ainda mais na
Diferente do seu adversário, Renato Portaluppi não tem muita margem para fazer mistério sobre o time que começa o Grenal deste sábado, 16h30. O técnico argentino, ao contrário, conta com três possibilidades: time reserva, time titular ou time misto. Eu
Nada como um Grenal para me fisgar de do estado de letargia que me afastou do blog. Some-se a isso a irritação diante de uma atuação medíocre contra o modestíssimo Aimoré e temos aí os componentes necessários para me tirar
Nunca o Grêmio esteve tão perto de vencer o torneio Copa São Paulo de Futebol Junior. Empatou no tempo normal e acabou perdendo nos pênaltis. É preciso deixar registrado que o time da base gremista (idade média inferior ao do

30 comentários em “Grêmio estreia com vitória e futebol convincente”

  1. Thaciano não tem a categoria e nem a habilidade do Maicon, mas tem algo muito importante para um meio campista no futebol moderno, ele tem intensidade, coisa que Maicon não tem.
    Jogar somente com a bola nos pés não dá mais, Maicon pode ser melhor utilizado vindo do banco de reservas, pegando os adversários cansados.
    Maicon é banco hoje.

  2. Sinceramente eu só concordo com a saída do Maicon se o Matheus Henrique estiver em campo, pelo menos até o time ter uma mecânica de jogo e encaixar, Grêmio perde todas os rebotes na frente da sua área, me apavoro com isso.

  3. Ilgo, Grande jogo fora de casa de muita intensidade, volume e soberania no 1º tempo com o Mago Maicon comandando as ações e logo no início do 2º tempo o MH carimbou uma vitória simples, tranquila e aguardada por todos.

    Lucas Silva foi o nome do jogo fazendo com que Renato absoluto em suas convicções sabe que seu time em 2020 do meio para frente só vai funcionar de verdade com LS, MH, Maicon soberano, JP, Éverton e Diego Souza.

    O Pepeléguas é nome certo nesse time porque acho que Éverton sai em junho, mas nosso time sob a batuta do bom Capitão & Maestro Maicon este ano vai levar o time longe “outra vez” como faz a CINCO anos seguidos com muita qualidade, toque de bola refinado, isso é notório, mesmo que seja em “apenas” 45 ou 60 minutos, “E“, REInato sabe disso.

    Eu sempre acredito ….. Oremos ….. !!!!!

    1. Só não esquece que foi o Éverton que sofreu a falta que originou o primeiro gol e foi ele quem deu a assistência para o segundo. Tem vezes que ele vai ser importante sem ser o protagonista. Ontem foi o caso.

  4. Ótima estreia.
    Achei Diego Souza um pouco abaixo, notei que em certos momentos do jogo faltou folego pra ele, qdo estavamos sem a bola ele nao dava combate, nao marcava e cercava, nos dias de hj isso faz falta.
    Tbm teria colocado o Pepê no lugar do Diego Souza.
    Qdo Jean Pierre estiver em condições ele sera titular no lugar de quem na opinião dos amigos??
    Qdo JP voltar Renato vai ter um problema bom a resolver….

  5. O Grêmio entrou com time quase titular contra o Ju, viajaram pra Colômbia, venceram muito bem ninguém morreu.
    Dá pra fazer isso mais vezes, tomara que Renato tenha abandonado de vez aquela poupação exageradamente ridícula.

  6. Me impressiona a resistência de muitos gremistas em ver que Maicon, Cortez e Alisson podem ser banco.

    Outra coisa é que o time melhorou consideravelmente com a saída do Capita.

    Lucas Silva tem tomado conta do meio e parece que alguns fecham os olhos pra isso, felizmente Renato tá vendo e tá deixando o cara jogar.

    Caio Henrique é titular fácil, tem uma saída de bola mais qualificada e se apresenta bastante para tabelar com os meias, não ficando limitado somente ao corredor lateral. Vai crescer quando entrosar com a equipe, teve trabalho e algumas falhas, mas não comprometeu.

    Alisson é muito útil, mas Pepê pode entregar mais.

    1. Irreparável, onde assino?
      Bemvindo ao clube dos “impressionados”, kkkk

      Mas não são muitos resistentes não, bem pelo contrário.
      Felizmente acho que o Renato abandonou essa barca, é o que importa.

    2. Perfeito. Principalmente com relação ao Maicon. Será dificil entender que a questão não é técnica e sim física???? Maicon pode ser muito mais útil entrando no segundo tempo para ser o cara do refinamento, da bola enfiada, quando o adversário já está mais desgastado, fora isso é banco.

      1. Pois é, mas o Renato gosta de decidir o jogo no primeiro tempo, ele sempre vai pro abafa, eu concordo com ele nessa parte, porém acho que JP vai ter que entrar no time, no lugar de quem é que não sei, por mim tirava o Alisson e deixava esse meio mais consistente.

  7. Foi uma ótima estréia! É fácil ver evolução nos setores em que precisávamos de melhora:
    – Vanderlei vai pegando ritmo e se firmando no gol;

    – Geromel voltou em grande estilo para a zaga (ainda falta o retorno do Kannemann);

    – Victor Ferraz e Caio Henrique são acréscimos nas laterais;

    – No meio falta apenas encaixar o armador, que na minha opinião deverá ser o JP. Lucas Silva veio para ser o Wallace ou o Jaílson do momento. Sabe jogar, mas também marca e protege a zaga.

    – Na frente cada vez mais me parece que o Diego Souza fará o papel que o Jael fazia: segurar a bola lá na frente, fazer o pivô para os atacantes e meter uns golzinhos de cabeça de vez em quando. Éverton é indiscutível e Alisson tem a sombra do Pepê. Estamos bem servidos!

    Discordo do Ilgo quanto ao Caio Henrique. Esse jogador se destacou no Fluminense ano passado justamente pelo seu apoio qualificado ao ataque. E agora, mesmo ainda sem ritmo, já vi ele fazendo tabelas e infiltrações interessantes. Lembra do pênalti contra o Juventude? Precisa melhorar um pouco na marcação e cobertura. Gosto do Cortêz, mas acho que o CH é bem mais completo.

    Quanto ao Maicon, creio que precisa jogar o tanto que aguentar. É um jogador importante para o elenco e, felizmente, tem consciência de sua condição física. Haja visto que já pediu pra sair em duas oportunidades. Eu iniciaria os jogos com LS, MH e JP e deixaria o Maicon para o segundo tempo, pegando os adversários já cansados.

  8. Foi um excelente estréia sem nenhum perigo de sofrer um gol….. Os destaques são quase todos, mas saliento Vanderlei (seguro e confiante); Vitor Ferraz (muito bom em todos aspectos); Geromel (simplesmente um GIGANTE); Caio Henrique (muito melhor que o Cortez, principalmente no ataque) ; Lucas Silva (o melhor de todos, se firmando cada dia mais); Matheus Henrique (no mesmo nível do LS e com um golaço); Maicon (enquanto aguentou o maestro); Everton (mediano, mas decisivo sempre). Em relação ao Alisson, ele deve estar percebendo que vai perder a posição, e ao contrário do Ilgo, acho que é o que menos acrescenta ao time, muito fraco, e há algum tempo não mostra espirito de equipe, pois quer definir as jogadas SÓZINHO, e tem ERRADO TODAS AS CHANCES, inclusive penalti. Assim o time vai se ajeitando, pois TN ou JP vão entrar no time, e acho que Pepê tambem, e devem sair Maicon (muito boa opção para segundo tempo) e Alisson. E para o gauchão o Renato deveria testar o Orejuela na posição do Alisson, como opção. E botar o TN para jogar !!!

    1. Adilson, vimos o mesmo jogo, gostei muito da estréia, é evidente que Pepê vai assumir o lugar do Álisson e JP o lugar do Maicon que ainda prefiro que seja escalado nos primeiros 45 minutos, aí, fico imaginando o time com LS, MH, Maicon, JP, Éverton e Diego Souza, ou recua o JP na posição do Maestro Maicon com a entrada do Pepeléguas para criar um pandemônio no time adversário.

      Amigo, o ano promete, pois o elenco está bem melhor que dos anos anteriores com mais qualidades.
      Oremos ….. !!!!!

  9. Confesso que não gostei,naquele momento, da entrada do Thaciano e tb esperei que Pepê entrasse logo,mas no final deu certo. Geromel magnífico, tomara não tenha problema maior com ele. LS se firmando cada dia mais e acho que temos goleiro ,finalmente!!.

    1. Vou confessar que não gostei da substituição Thaciano no lugar do Maicon, mas não reclamei porque achei que o Renato tinha seus motivos, Um deles, Maicon havia errado dois ou tres passes em sequencia no final do primeiro tempo. sinal de desgaste

  10. Ilgo, a titularidade do Pepeléguas no lugar do Álisson é questão de pouco tempo, e JP será titular também, aí, o teu “Mago” Maicon que joga somente 45 ou 60 minutos já vai pensando na aposentadoria “de vagarinho”, pois nosso Maestro está se desgastando naturalmente conforme um sábio previu aqui em 2018 porque o tempo passa para todos, amigo, e vejo que Renato vai utiliza-lo enquanto puder. Nosso ano promete. “De novo”. Oremos ….. !!!!!

    1. Realmente, a idade chega para todos. A chuteira fica pesada, o cara fica sem fôlego, etc
      Maicon vai deixar saudade, mas ele ainda vai contribuir muito nesta briga pelo tetra.

  11. Sobre a campanha da Libertadores de 2017, nosso último título, a primeira partida foi fora de casa e o Grêmio venceu por 2 a 0, sendo o primeiro gol do lateral direito e o segundo do camisa sete. Ontem foi igual. Senti um cheirinho de tetra…
    A vitória de ontem tem que ser muito valorizada e não vou fazer crítica alguma ao time. A atuação não foi maravilhosa, mas foi uma vitória de um time com espírito vencedor, de quem busca conquistar o título. Quebrou o tabu de nunca ter vencido o América de Cali na Colômbia. Não é pouca coisa, o Grêmio de Espinosa (83) e o de Felipão (96) perderam.

  12. Teses , conselhos e lances a parte jogamos muito bem , nao haviamos ganho jamais deste clube e eles a 11 anos estavam fora da LA os animos estavam acirrados e o Gremio friamente ( algumas vezes ate demais ) como a LA exige de um campeão levou eles na manteiga e meteu caixa quando e mais precisavamos no jogo.
    Nao quero nem escutar os noticiantes no decorrer desta semana e outra ate o Grenal imagino o orgasmo da midia isenta nestes dias , credo .
    Se o Gremio jogar “AS GANHA” contra os saci na nossa casa…..sei não os vidraceiros na beira do lago no jogo de volta vai ficar de prontidão tipo UBER pelo cliente.
    Animado e confiante que siga la pelota . Dalhe Grêmio , Sempre ! Saudações.

  13. Para quem não sabe, Renato disse em entrevista que Maicon pediu para sair.
    Belo gesto do capita, assim como foi naquela ocasião em 2017 com Arthur.
    Se fosse por Renato, Maicon estaria no campo até agora, rss.

Deixe uma resposta