Os Fagundes x Os Moreiras

O Rio Grande do Sul parece que é formado por duas espaçosas famílias: a primeira, claro, é a dos Fagundes, brincadeira criada pelo pessoal de ‘obairrista.com’. A ideia é que sempre tem um Fagundes envolvido nas coisas do Rio Grande.

A outra grande família, pelo que constato a partir do que leio, escuto e assisto nos meios de comunicação – RBS em especial -, é, bingo!, é a dos Moreiras.

Não passa um dia em que ‘Os Moreiras’, que até poderia ser nome de um conjunto musical (no meu tempo de reunião dançante era conjunto, nada desse negócio de banda ou algo assim), não aparecem com um baita destaque. 

Na maioria das vezes para especular sobre uma possível volta da estrela maior da família ao Grêmio. 

Não adianta você se esconder, mudar-se para o Congo – refúgio de alguns gremistas atuantes e resistentes como o Ricardo W. -, ou comprar um apartamento em Miami, lugar preferido de nove entre dez adoradores do Cuba.

Com essa história de internet – não sei como Os Fagundes deixaram isso se criar aqui em nosso país gaudério – não tem como escapar. Tenho um amigo que apelou: se inscreveu para a primeira viagem civil para Marte.

Desconfio que não vai adiantar: soube de fonte ‘segura’ – a mesma que garantiu que R. renovaria com o seu ‘clube do coração’ em 2001 – que um  dos Moreiras estará nesse voo. Acompanhado, é óbvio, de um repórter do grupo de comunicação para registrar suas impressões sobre o planeta ‘vermelho’.

O MAIOR

‘Não me pergunte qual o clube mais presente em decisões. Siga o rumo do seu coração’.

Veja qual o clube mais presente entre os quatro melhores na Libertadores e em competições nacionais. Coincidência ou não é o mesmo que ficou na ponta do ranking da CBF do ano passado, e que está entre os primeiros este ano.

http://www.90min.com/pt-BR/posts/2622513-ranking-os-clubes-que-mais-chegaram-entre-os-4-primeiros-em-libertadores-e-competicoes-nacionais?utm_source=twitter.com&utm_medium=share

TROPA DE CHOQUE

Há dois grandes movimentos de setores da mídia: o primeiro, é defender o Dunga; o segundo, este mais determinado e raivoso, é atacar a Primeira Liga, que pode ser, na minha opinião, a salvação do futebol brasileiro a médio prazo.

O curioso é que esse ataque só acontece aqui Abaixo do Mampituba. Por que será?????

Bem, resta a resistência do cornetadorw.

http://cornetadorw.blogspot.com.br/2015/10/tropa-de-choque-da-ivi-da-ipiranga.html

 

Se gostou, compartilhe!

  • Gabriel

    Ilgo, tem jornalista que se um Moreira for ao banheiro pergunta se quer papel ou lencinho umedecido. E dizem as más línguas que ao acabar as entrevistas, na despedida dizem : ” Boa noite, tchau e saúde”.

    Para quem não entendeu a saúde é para caso eles espirrem e o amigo não esteja por perto…

    • Ilgo Wink

      eheheheh

  • Gabriel

    Sobre a Primeira Copa, reflita, como um clube vence um estadual, sempre tem o melhor jogador da competição e uma semana depois naufraga no Brasileirão??? Competição essa que seu rival que invariavelmente perde no estadual e sai chiando de alguma sacanagem, como jogar a Libertadores na quarta e o regional na quinta e na mesma competição haver data para inaugurar um estádio, chegar sempre entre 3 melhores, salvo algumas exceções, normalmente à sua frente?

    Você que se diz o Campeão de Tudo para que com Marketing continue inflando sua torcida, mesmo sabendo que vem em decadência a algum tempo, vai tolerar que exista uma nova competição a jogar e, além disso, dar às costas ao estadual onde todas as polêmicas lhe favorecem??? Claro que não.

    Não dá para questionar o nosso rival e a IVI , pois apostaram num cavalo cansado e vêem um puro sangue, com todo gás, saindo do brete!!!

  • Bruno Vilanova

    caro ilgo, gostaria de saber o porque que não entrevistam e não idolatram tanto a familia baptista, onde o Sr.Nelson, mais conhecido como Nelsinho, uma vez abandonou o lado vermelho para ir treinador um clube GRANDE no caso o Corinthians,eles devem ter muitas historias para contar também e quem sabe ele não fale “SAI DE UM TIME PERDEDOR E APEQUENADO PARA CONQUISTAR TITULOS EM UM GIGANTE”.

    • Ilgo Wink

      Seria uma bela entrevista.

    • Gabriel

      Como diz o RW, outra entrevista aguardada seria com o Bolívar para tentar descobrir quem são os vaselinas .

  • Fiscal da Pipoca

    Pois se o Diogo Olivier já definiu-se como “amigo íntimo da família Assis Moreira” no seu blog, lá em 2006. Foi quando conseguiu uma coluna diária pro Assis na Zero Hora durante a Copa, quando o R0 não jogou nada. Essa coluna sempre dizia que no próximo jogo, o futebol do irmão iria aparecer. Claro, quando o Brasil caiu fora, o Assis deixou a ZH na mão. Não escreveu a coluna e deixou o Diogo no vácuo… Agora, o que esperar de um repórter que se diz “amigo íntimo da família Assis Moreira”?

    • Ilgo Wink

      Intimidade demais dá nisso

  • Francisco Coelho

    Só têm língua comprida. Kkkkk kkkkk.

  • Francisco Coelho

    Eu que durante muitos anos participei fico impressionado como poucos estragam o prazer e devoção de centenas . Me refiro à procissão de motos assim como jogos do Grêmio. A vontade que sinto é pegar um rabo de tatu e descer no lombo dos engraçadinhos.
    Novamente às águas ocupam seus históricos espaços. Só não sabem os locais de alagamentos os idiotas e os oportunistas.

  • Rafael M.

    A família AM deve ter muitos negócios com a rb$. Não pode ser somente recalque. É muita puxação de saco.
    .
    Link interessante pra quem gosta de ler sobre a gurizada que vem da base (Walace):

    Sem carrão e vigilantes do peso: como uma joia de R$ 42 milhões é preparada para a famahttp://www.gremioavalanche.com.br/news.asp?nID=15153

  • Francisco Coelho

    Muito tem sido dito e escrito sobre o Lincoln. Agora fica claro que o Grêmio (Romildo Bolzan) e seu empresário (Sonda) não falam a mesma língua. Só que a bronca termina prejudicando o Grêmio e o guri.

    http://jbfilhoreporter.final.com.br/2015/10/11/presidente-do-gremio-tem-bronca-com-o-investidor-delcir-sonda-por-conta-de-lincoln/

    Jogo-treino Brasil Sub-17 6 x 5 O´Higgins Sub-20. Golaço de falta cobrada por Lincoln.

    • Andre Peixoto – Sarandi/RS

      Chico, o Romildo seria muito burro se tivesse essa bronca. Pior do que ter somente 50% é não ter nada…

      • Francisco Coelho

        É pois ter 100 % DE NADA = 0

        O problema é que isso vai desgastando a relação e termina o guri querendo novos ares. Tenho lido e escutado muitas coisas sobre Raul, Junior e outros que estão na berlinda atualmente. A verdade é que estes tem mercado fora fácil e não sendo usados e valorizados vão terminar forçando a saída. Jogador quer jogar e aparecer para faturar mais.
        Eu prefiro sempre jogador da base aos contratados por DVD.

        • Arthur J

          Lincoln passa mais tempo na seleção sub qualquer coisa que no Grêmio. Vai jogar como?

          • Francisco Coelho

            Arthur J; o guri ficou um monte de jogos no banco e não foi usado.
            Cada jogo do Lincoln pela seleção é mais $$ por valorização e mérito dele.

  • Marcio Luiz
  • Francisco Coelho

    Após depositar 11 votos no Ricardo Wortmann cornetadorw, vamos ao dia de hoje.

    Está sendo tratado como o jogo mais importante o Atlético – MG x Vermelho da beira d’àgua. Na minha opinião galo ganha fácil. Kkkk

    Observei o primeiro tempo do Uruguai de olho no Carlos Andrés Sánchez Arcosa. O numero 5 jogou onde falavam que o William Schuster Dornelles da Silva aberto na direita atuando como lateral e ponta. Fez 3 bons cruzamentos e algumas quedas formidáveis para as câmeras em divididas. No meu entender é outro cachorro que querem passar no Grêmio. Kkkkkk Para mim o Carlos Sánchez e o William Schuster é perda de tempo.

  • Pedro de Lara

    Os meus parabéns a todos que votaram no ídolo Jardel e elegeram um cidadão de última classe. É por essa e por outras que o que foi bom não necessariamente continuará bom assim como o que era recomendável ainda o é.
    Pedro de Lara. Pela moral e os bons costumes.

  • Pedro de Lara

    Os meus parabéns a todos que votaram no ídolo Jardel e elegeram um cidadão de última classe. É por essa e por outras que o que foi bom não necessariamente continuará bom assim como o que era recomendável ainda o é.
    Pedro de Lara. Pela moral e os bons costumes.