Contratações não empolgam, mas também não desagradam

O Grêmio está indo bem nas contratações. Perdeu dois titulares, dois campeões, Marcelo Grohe e Ramiro, mas, até prova em contrário, as reposições são boas, e podem dar certo.

O goleiro Júlio César, apesar de histórico modesto, vem de uma temporada muito boa, sendo um dos principais responsáveis pelo não rebaixamento do precário time do Fluminense.

O volante/meia Montoya aparentemente é também um bom reforço, e seria o substituto de Ramiro, segundo alguns analistas – confesso que não tenho ideia de como ele joga.

Outro que nunca vi mais gordo é esse Rômulo. Mas já li boas referências a esse jogador. Sei que jogou no Spartak e que teve sua trajetória no Flamengo prejudicada por sucessivas lesões. Joga como volante e zagueiro.

Os três são apostas daquelas que podemos considerar válidas, consistentes.

Agora, quem mais me deixa confiante é o Felipe Vizeu. Lançado pelo Muricy, que conhece muito de futebol, é jovem e promissor. E já com uma bagagem considerável apesar dos seus 21 anos.

Frase do Muricy:

— É um centroavante canhoto, que tem muita força física. É um camisa 9 que sabe jogar com a bola no pé, tem boa tabela e bom passe. Um jogador inteligente, que é muito perigoso dentro da área. Tem boa estatura e se destaca no jogo aéreo.

Sobre o Vizeu, ainda não vi ninguém da IVI (criação consolidada do cornetadoRW) lembrar que ele foi reserva do Guerrero e do Damião, dois marmanjos em final de carreira.

Bem, são quatro nomes. Pela lei das probabilidades é muito difícil que os quatro correspondam plenamente, porque em futebol mais se erra do que se acerta em termos de contratações.

Espero que todos tenham sido indicados e/ou aceitos pelo técnico Renato Portaluppi, porque confio mais nele do que nos dirigentes, com todo respeito a quem está trabalhando para repaginar o time gremista.

RENATO

Por falar em Renato, que bom que a cirurgia tenha sido um sucesso e logo ele estará de volta. Desconfio que o problema aconteceu porque Renato tem um coração grande demais. Tem esse jeito meio debochado e por vezes arrogante, que irrita até alguns gremistas que conheço, mas quem conhece o conhece um pouco mais sabe que se trata de uma boa pessoa, um ser humano generoso e amigo. O que talvez ajude a explicar seu sucesso.

NEVES

O meia acabou ficando no Cruzeiro. Foi um grande jogador. Hoje, está muito abaixo do que já jogou. Claro, seria importante, mas a um preço alto demais.

Grêmio teve mais sorte que juízo. Chegou o momento de apostar pesado no Jean Pyerre. Quem sabe não está em casa o articulador que irá juntar-se a Luan na armação e até finalização de jogadas de ataque?

Pyerre não tem a experiência do Thiago Neves, mas tem juventude, mais ambição e muita qualidade técnica.

LUAN

Precisamos continuar vigilantes. O grupo (pequeno mas insistente) dos que desejam Luan fora do Grêmio ainda não desistiram.

Nenhum deles assume publicamente, mas deixam pistas. Fiquem ligados.

Se gostou, compartilhe!