Luan fica e Thiago Neves ainda pode vir

A notícia de uma eventual troca de Luan por Thiago Neves, Murilo e Raniel (os dois últimos tão bons que o Cruzeiro os coloca como moeda de troca, e o primeiro em suave decadência) realmente é assustadora.

O lado positivo é que partiu do Cruzeiro, que pelo jeito gosta de colocar suas promessas nos negócios. E promessas são promessas, nem sempre se cumprem. No futebol, a maioria acaba frustrando expectativas.

O lado negativo é que o Grêmio, segundo a saraivada de notícias (é sempre assim quando se trata de algo negativo para o clube), a direção e sua comissão técnica estariam avaliando a proposta.

Não sei se foi a força dos protestos de gremistas nas redes sociais, mas o fato é que esse negócio decididamente não sai.

Foi uma ação desesperada do Cruzeiro, que faz de tudo para manter Thiago Neves, que se mostra muito inclinado a defender o Grêmio e trabalhar com o velho parceiro Renato Portaluppi.

O Grêmio, felizmente, quer continuar com Luan, cujo contrato vigora por mais dois anos. E Luan não quer sair. Está muito contente com seu salário de R$ 600 mil mensais, ou algo parecido.

Tudo se encaminha para a vinda de Thiago Neves. Sem Luan no negócio.

De minha parte, não me entusiasmo com Thiago Neves, que já foi um excepcional jogador. Não sei os valores da transação, mas é preciso muito cuidado em investir em um jogador que completa 34 anos ainda neste ano.

Espero que o presidente Romildo se mostre sábio mais uma vez e só faça negócio se realmente estiver dentro dos padrões estabelecidos pelo bom senso.

Se gostou, compartilhe!