Grenalização na terra do acarajé

Até os baianos entraram nessa de grenalização. Temos agora a grenalização tipo exportação. Deveria ser como a Polar que não sai daqui.

A grenalização chegou ao ‘exterior’. A imprensa baiana diz que o jogo de hoje é como um Gre-Nal, citando os colorados Falcão e Julinho Camargo, e os ex-jogadores colorados Zé Roberto, Souza e Danny Moraes. A imprensa daqui, claro, repercute isso, e dá força.

Tudo bem, uma pimenta a mais nesse acarajé não vai agravar as coisas.

O jogo é de alto risco ao natural. Felizmente, o Souza não deve jogar. Souza contra o Grêmio vira Ronaldo Fenômeno.

Vejo que algumas pessoas consideram o Grêmio favorito. Ninguém consegue sustentar minimamente isso, mas em caso de derrota determinados setores poderão aumentar a dimensão do fracasso, criando uma crise. Afinal, como o favorito Grêmio conseguiu perder para o modesto Bahia, que há sequer ganhava um título regional.

Estarão em campo logo mais à noite duas equipes médias. O Grêmio, como clube, é muito maior que o Bahia, mas o que conta nos 9o minutos é quem está em campo.

Não vejo o Paulo Roberto, o Oberdan, o De León, o Airton, o Roger, o Dinho, o Valdo, o Renato Portaluppi, o André Catimba, o Alcindo. Esses nomes ajudaram a construir a história do Grêmio, mas eles não jogam mais.

Hoje, o que temos é Edilson, Pará, Léo Gago, Marco Antônio, André Lima. Nenhum deles poderia sequer entrar no vestiário em que os jogadores citados anteriormente se fardavam.

Mas estes são os jogadores que o clube conta no momento. Jogadores médios, semelhantes aos do Bahia.

Assim, nivelados, o time baiano tem a vantagem de jogar em casa.

Se o Grêmio garantir o empate com gols, será como uma vitória.

Sem querer ser pessimista, mas analisando friamente, não acredito que o Grêmio consiga algo mais que um empate diante do Bahia.

Agora, passando pelo Bahia, o Grêmio terá condições de brigar pelo título, porque aí terá alguns titulares de volta.

Só espero que nenhum titular importante se machuque, principalmente o melhor deles, Fernando, que tem sido o principal jogador desse time mediano que restou após as lesões.

Além disso, é fundamental que surja alguém para tirar Marco Antônio, o Carimbador, do time. Minha aposta agora é Rondinelly, que nunca vi jogar, mas que deve ser melhor que o MA.

Se gostou, compartilhe!