Caso Oscar: a CBF age corretamente

Existem algumas notícias que o pessoal da redação de jornal discute para saber se ela pertence à essa ou aquela editoria.

O caso Oscar está nas páginas de esporte. Mas poderia ter passado pela editoria de polícia e até transitado pelo caderno de variedades, que a gente apelidou de ‘caderno de frescuras’ só pra provocar os colegas que escrevem sobre cinema, literatura, arte, música, televisão, etc. Afinal, a história parece enredo de novela mexicana.

Assim como as novelas provocam reações fortes principalmente das telespectadoras, as notícias envolvendo Oscar mexem com a emoção dos colorados, em especial os da mídia, que já nem disfarçam sua ansiedade em ver Oscar jogando no Inter de qualquer jeito.

Uma rápida passada de olhos em alguns blogs ou escuta de programas esportivos confirma a irritação e a revolta diante do ofício que a CBF mandou a Conmebol a respeito da situação do jogador, que tem sido tratado por determinados setores como uma vítima, um pobre trabalhador impedido de exercer sua profissão.

Pelo que sei, ele não era impedido de trabalhar no SP quando decidiu romper o contrato unilateralmente com alegações que não se sustentaram em segunda instância.

A CBF não poderia ser mais clara. O texto é dúbio, sim, sem dúvida, porque a situação é dúbia. Confira:

“Cumpre-nos esclarecer que, por força de decisão judicial proferida em 26-4-2012, em processo de habeas corpus, a Justiça do Trabalho determinou que a CBF procedesse à inscrição do referido atleta em favor do Sport Club Internacional, conforme contrato nº 2011009170, celebrado pelo período de 25-8-2011 a 24-8-2016.
“Sucede que tal referida decisão não anulou o julgado anterior do Tribunal Regional da 2ª Região, que assegurou a validade do contrato nº 619191, firmado entre o mesmo atleta com o São Paulo F.C, pelo período de 5-12-2007 a 4-12-2012 – publicou o documento.”

O documento relata clara e precisamente em que pé a situação se encontra. Mas a maré vermelha da mídia gaúcha continua demonizando a CBF, que ela estaria armando contra o Inter.

Se alguém armou alguma coisa contra o Inter nesta história foi o próprio Inter, que foi dar uma de esperto e agora está pagando o preço.

Usou Oscar bastante tempo, conquistou títulos – que poderiam ser do SP se ele nesse tempo pudesse contar com o seu jogador -, mas agora está chegando a conta. E ela é salgada.

Se gostou, compartilhe!