Sobrevivente da mudança

As mudanças são sempre difíceis. Algumas são para melhor, outras para pior, e outras muito antes pelo contrário.

Neste sábado, estive envolvido com mais uma mudança de residência em minha vida. Já tive muitas. Meu pai, radialista no Interior, parecia um cigano. E eu um ciganinho.

Quando completei 18 anos, depois de escapar do quartel me mandei para Porto Alegre. Foi uma das tantas mudanças marcantes da minha vida. Esta foi especial. Era o corte do cordão umbilical. A partir dali, eu que me sentia adulto e independente, seria mais eu. Bobagem.

Depois, foram outras mudanças. E não apenas domiciliares, claro. Imagino que esta de sábado tenha sido a última. Quer dizer, a penúltima. A última mesmo, eu espero que demore muuuuito.

(Ainda quero ver o Grêmio tricampeão mundial e o Inter pelo menos bi da segundona.)

Assim, envolvido com mobília, caixas e mais caixas de roupas e bagulhos, livros, Cds, vinil, garrafas de cerveja 1983, Kidiaba, Mazembier e um monte de outras coisas, não tive tempo, nem vontade, de assistir ao jogo do Grêmio, sábado, menos ainda ao do Inter, domingo.

O resultado do Grêmio fiquei sabendo domingo no começo da tarde. Fiquei surpreso. Tinha certeza de que o time melhoraria com a entrada de um volante, Gilberto Silva, na posição de volante, e d0 fim da invenção de Marquinhos como segundo volante. Mudança que caía de maduro.

Vi os gols e confesso que vibrei com os gols dos zagueiros. Torço muito principalmente pelo Grolli, que veio do Interior como eu, que chegou aqui desacreditado, como eu, mas já com emprego garantido, ao contrário de mim naquele início dos anos 70.

Se não me engano Naldo pegou rebote de um cabeceio de Groli no primeiro gol. Depois, o catarina de Chapecó fez o dele, o segundo seguido. Soube que a zaga vazou no segundo tempo tempo.

Antes de condenar a zaga, eu, que me tornei um zagueiro de elevada técnica quando já não tinha fôlego para jogar na meia, acuso o meio de campo.

O Grêmio não vai a lugar algum com os meio-campistas de que dispõe. Repito: só tem um titular mesmo, o Fernando. O resto é banco de um time que realmente quer algo mais que brigar pelo Gauchão.

O meio é a alma, o coração que faz pulsar uma equipe de futebol. Sem um meio de campo forte e técnico, que se impõe, não há defesa nem ataque que resolvam.

Já o Inter, pelo que soube passeou no Centenário. O Inter é, hoje, a grande equipe do futebol gaúcho, sem dúvida. O Grêmio, por enquanto, não dá nem pra saída.

Assisti a uns lances selecionados pelos colorados da Globo mostrando o quanto apanha o ‘coitadinho’ do D’Alessandro.

Gostaria que eles tivesse exibido, também, o lance criminoso do zagueiro Jackson em Mário Fernandes no Gre-Nal.

Nenhuma das entradas ‘violentas’ no argentino enfezado se compara a trombada que Mário Fernandes sofreu e que tem como resultado seu afastamento do futebol por três meses.

Mudei só de casa. No mais, continuo o mesmo, agora, por causa do Grêmio, casa vez mais amargo.

Se gostou, compartilhe!

  • Marcos

    Ilgo!

    Te desejo muita felicidade na tua nova morada.

    Me refresca a memória. O jogador do time do lago nem amarelo levou na falta no Mário Fernandes?

    E mais uma coisa… nao consigo ficar quieto. Se é para trazer esse argentino que nao joga desde maio de 2011, tá bichado, vindo de lesao… se jogasse bola o Dínamo nao ia liberar. Mais uma aposta! Por que nao ficaram com o Escudero? Sinceramente, tem diferenca entre um e outro? Isso nao é negócio, isso é negociata. Pelo amor de Deus…

    Abraco,
    Marcos.

  • ilgo

    Marcos, o cara não levou nem amarelo.
    Se o Facundo jogar aqui o que jogava antes da lesão, é um reforço interessante.
    Sobre a morada, muito grato. abs

  • Denigelson da Rosa Ismael

    Ilgo! Parabéns pelo novo lar!

    Souza chegou para jogar ao lado do Fernando! Mas ainda precisamos de dois meias e no mínimo, mas no mínimo um zagueiro!

  • Marcos

    Mas Ilgo!
    O Escudero chegou aqui e falavam maravilhas do gringo. Sempre é assim.
    Esse Bertoglio vem como aposta, mas o Grêmio precisa de jogadores já consagrados nas posicoes carentes.
    De apostas estamos cheio na base, Ilgo. Pelo amor!

  • Frabcisco Coelho

    Ilgo; agora de casa nova a produção das loiras vai ser grande… kkk Parabéns e que tudo corra nos conformes.

  • Casa vez mais amargo???? CASA????
    MEU DEUS PARA COM A 1983

  • walter

    Ilgo,

    Tudo bom?

    Tchê, a semana passada Caio Jr. deu “pit” após o jogo contra o Ipiranga falando em falta de atitude…e muiito mais coisa.

    Hoje, ele me sai com a declaração que o time titular “não rendeu o esperado” não era aquilo que ele queria….

    Ilgo, isso não soa mal para os BOLEIROS. Sinceramente, para mim não deveria soar, eles são empregados do clube e deveriam comer grama.

    Contudo, a maioria deles são cobra criada, daqui a poco não vão ficar fazendo corpo mole?

    Isso me lembra aquele episódio do Silas com o Mario Fernandes dizendo que o cara tinha que tomar muito café da manhã!

    Abraço.
    Walter.
    Ps: Ilgo você alterou seu e-mail? Mandei um e-mail para você e retornou!

  • Francisco Coelho

    Chegando na Base gremista com 18 anos um irmão do Diego Tardelli. Wendell Guilherme Martins.

  • Francisco Coelho

    E a estréia do Douglas nos manos… Já ganhou banco, pois segundo o preparador físico seu condicionamento é péssimo.

  • Francisco Coelho

    Está silenciosa e demorada a tal contratação de meias e zagueiro por parte do Pelaipe. Será alguma pelaipada? Quem saberá algo?

  • Francisco Coelho

    A turma do Juventude segundo andei lendo esta focada na BASE e com os bons resultados que vem obtendo logo deve iniciar uma recuperação. O Caxias que se cuide e a turma de Pelotas que também gosta de futebol tem de apostar na prata e subir.
    Os clubes do Paraná podem ser vistos como exemplo na formação e aproveitamento.

  • Francisco Coelho

    Caio aparentemente está sentindo uma pressão muito grande, pois suas ultimas declarações são bem conflitantes. Pedir 2 zagueiros com experiência para um clube que segundo informam pretende valorizar a base é contraditório.
    Ao que tudo indica a observação de treinos não serve para nada onde na oficial as coisas não funcionam. O ideal em minha opinião seria escalar os ditos reservas na oficial e ai sim avaliar corretamente. Treino é treino e jogo é jogo.
    Com a chegada do 5 (Nunes) creio que somente o 25 (Felipe) fica como primeiro volante no plantel, pois agora todos querem ser segundo…
    Ainda acredito que 17 (Fernando), 32 (Misael), 27 e 22 (Biteco / Felipe) e 21 (Leandro) ou o 18 (Miralles) podem fazer um bom meio campo. Claro que vejo um bom ataque como a melhor defesa. Biteco ou Felipe seriam os articuladores e Leandro ou Miralles os rompedores.
    Não entendi a pressa do Caio em colocar o 5 Souza para jogar sem testar o Misael.
    Hoje o Odone vai falar sobre?

  • Diego

    O Misael foi testado sim, ele pode ser até titular no proximo jogo.
    Misael jogou entre titulares no primeiro tempo do treino e Souza entrou no segundo.

  • Francisco Coelho

    Olá Diego; o teste que falo é jogar uma partida oficial. Não posso aceitar que um prata titular de seleção não seja escalado só porque chegou alguém. Sei que antiguidade não é posto, mas na minha forma de ver as coisas seria sacanagem ou algum problema e estaria queimando o guri.
    Claro que quem está melhor deve jogar, mas em igualdade de condições todos devem ter chance. Se o Nunes foi bem na sua seleção também o foi Misael na sua categoria e ambos somam no elenco. Não vejo problemas maiores com os volantes do Grêmio e sim com os meias. Caio ainda não acertou na escolha dos meias e aparenta estar apostando na idade e não na qualidade. Vai terminar morrendo na praia se continuar assim ou não recebendo um articulador de verdade com idade.
    Deveria estar trabalhando em conjunto com o Parraga ou algum outro para afinar a gurizada. Não sei se terá tempo para isso no andar da carruagem. Os resultados estão pesando.

  • Bi-segundino

    Finalmente fizeram algo direito. Bertoglio é jovem e chega para uma experiência. Só acho que poderia ser até dezembro e não julho. Mas estão aprendendo. Muito bem!

  • Francisco Coelho

    Ilgo; segundo se comenta estaria entre Maicon Pereira Roque do Futebol Clube do Porto ou Guillermo Enio Burdisso do Arsenal Fútbol Club o zagueiro em negociação com o Grêmio. Sou mais o argentino pelo valor e por não ter receio de divididas.

  • Thank you for your article.Really thank you! Great.