Grêmio, ‘zebra’ sim, mas com camisa de peso e tradição

Só tem um jeito de vencer o Real Madrid e suas estrelas: que tudo dê certo para o Grêmio. E tudo muito errado para Cristiano Ronaldo e seus companheiros.

Quer dizer, uma missão quase impossível. Mas o futebol não é basquete, onde raramente David derruba Golias. Normalmente, o gigante esmaga seu oponente atrevido.

Mas as zebras estão aí, soltas e sempre dispostas a aprontar.

Sim, não resta dúvida que o Grêmio, na disputa com poderoso clube espanhol, é a zebra.

Assim como o Mazembe, clube responsável por uma das maiores alegrias que tive na vida esportiva, era zebrão contra o Inter em 2010 e acabou vencendo.

(A propósito, tenho uma página no face em comemoração a essa data tão especial, a mazembe day, com dez mil seguidores, muitos deles torcedores do Mazembe)

Voltando ao assunto:

a diferença é que o Grêmio é o Grêmio, como já dizia o saudoso presidente Hélio Dourado, meio que engolindo o érre.

O Grêmio tem história, tem tradição, tem uma camisa que pesa, que se impõe, e por vezes intimida. Não é um Mazembe da vida.

Então, se o Real Madrid facilitar, marcar com frouxidão como fez contra o Al Jazira, estará correndo sério risco, mesmo que o Grêmio tenha problema com seus dois centroavantes: um que parece ter esquecido seu futebol e outro que dificilmente marca gol, e que quando marca é anulado. Sacanagem pura.

A dúvida é quem começa: Lucas Barrios ou Jael. Jael tem futebol mais tosco, mas é mais vibrante, mais forte, mais comprometido.

Barrios caiu de rendimento faz tempo. Perdeu aquele imperdível contra o Cruzeiro na final da Copa do Brasil. Não está jogando bem, está devendo. Mas como é um jogador de muito potencial técnico, quem sabe ele não desencanta na final?

O fato é que o Grêmio vai precisar de todos os seus jogadores atuando a 110% com um nível de acerto de passes, desarmes, conclusões acima da média.

Nesse aspecto, do time titular, somente Lucas Barrios e Michel estão devendo futebol. O primeiro talvez por algum problema físico ou desânimo por não ter seu contrato renovado até agora; o segundo, porque vem de uma cirurgia e ainda não está no seu ritmo de jogo normal.

Há dúvida sobre quem começa o jogo. Se Barrios não tiver nenhum problema maior, defendo que ele comece. Prefiro deixar Jael para pegar um adversário mais cansado.

No mais, não tenho nenhuma dúvida de que Renato fará o melhor para o Grêmio. Eu, como chapa branca assumido, estou com o treinador, que saberá preparar seu time para superar essa potência do futebol.

RW

As camisas contra a IVI:

http://cornetadorw.blogspot.com.br/2017/12/camisetas-anti-ivi.html

 

Se gostou, compartilhe!

  • Brand Halfed

    Oi Ilgo, tudo bem? Eu estou tranquilo, pra mim o ano está ganho! Se der pra beliscar mais esse caneco é o “must”. Ah, e o que o Renato decidir eu assino embaixo!!! Vamos Grêmioooo

    • Ilgo Wink

      Também estou tranquilo. Agora tudo é lucro

  • Patrick

    Ilgo,

    Acho difícil o Renato mudar o time nessa altura do campeonato.

    Me parece que é mais vantajoso deixar o Barrios começar pois na minha percepção, na final da Libertadores ele foi bem até cansar, marcou bastante a saída do outro time, tem uma bola aérea defensiva muito eficiente e tabela bem pra puxar o contra ataque… o Jael? Bem, o Jael deixa pro segundo tempo que ele entra mordido, da de tapa na boiolagem e faz história! Kkkkk

    Com foco a gente busca essa parada!

    • Ilgo Wink

      Concordo, acho que é melhor começar com o Barrios. Jael fica pra infernizar a zaga no decorrer do jogo

  • Rezende

    Ilgo o Grêmio já é o campeão mundial de clubes pois o Real Madrid e seu astro Cristiano Ronaldo são uma distorção destes tempos de supremacia financeira europeia mais uma legislação comunitária trabalhista e imigratória frouxa que deixa qualquer um ser considerado “europeu” e assim não existem clubes europeus mas seleções multinacionais corporativas.
    O PSG é uma corporação futebolística do Qtar.
    O Real Madrid é um braço esportivo do dono da “Odebretch espanhola”.
    Eu costumava dizer que a nossa solução POSSÍVEL seria considerar os jogadores do MERCOSUL como os europeus. Os times brasileiros virariam seleções Mercosul com mais “4 estrangeiros”.

    É uma distorção do nosso tempo, o caso Bosman, a partir de dezembro de 1995, gerou um situação europeia onde depois de apenas poucos anos as principais equipes do velho continente tem (na maioria) 4 ou menos jogadores da nacionalidade do clube.
    Enquanto isso o Grêmios (e os times de fora da Europa) só recentemente podem colocar 3 ou 4 jogadores estrangeiros em campo. Até pouco tempo atrás só se podia CONTRATAR 3 estrangeiros!!!

    Cristiano Ronaldo JAMAIS seria o que é sem o esquadrão multinacional por trás de si que a legislação européia permite ao Real Madrid.
    O Real Madrid de 1960 de Di Stéfano e Puskas (ambos argentino e húngaro naturalizados espanhóis) era grande mas tinha além dos dois naturalizados, 6 espanhóis natos e apenas um goleiro argentino, um zagueiro uruguaio e o atacante brasileiro Canário.

    Já em 1998 (apenas 4 anos após o caso Bosman) o Real Madrid bi-campeão mundial só tinha os dois zagueiros espanhóis (Sachi e Sanz) e mais Hierro e Raul o resto já era uma seleção multinacional com os brasileiros Roberto Carlos e Sávio, o goleiro alemão Ilgner, o lateral italiano Panucci, o argentino Redondo, o holandês Seedorf e o atacante Mijatovic da então Ioguslávia…

    As condições contra o Grêmio são ENORMES, mas futebol continua sendo 11 contra 11 e sempre é possível vencer MESMO com tamanha desvantagem…

  • Rezende

    Ilgo o Grêmio já é o campeão mundial de clubes pois o Real Madrid e seu astro Cristiano Ronaldo são uma distorção destes tempos de supremacia financeira europeia mais uma legislação comunitária trabalhista e imigratória frouxa que deixa qualquer um ser considerado “europeu” e assim não existem clubes europeus mas seleções multinacionais corporativas.
    O PSG é uma corporação futebolística do Qtar.
    O Real Madrid é um braço esportivo do dono da “Odebretch espanhola”.
    Eu costumava dizer que a nossa solução POSSÍVEL seria considerar os jogadores do MERCOSUL como os europeus. Os times brasileiros virariam seleções Mercosul com mais “4 estrangeiros”.

    É uma distorção do nosso tempo, o caso Bosman, a partir de dezembro de 1995, gerou um situação europeia onde depois de apenas poucos anos as principais equipes do velho continente tem (na maioria) 4 ou menos jogadores da nacionalidade do clube.
    Enquanto isso o Grêmios (e os times de fora da Europa) só recentemente podem colocar 3 ou 4 jogadores estrangeiros em campo. Até pouco tempo atrás só se podia CONTRATAR 3 estrangeiros!!!

    Cristiano Ronaldo JAMAIS seria o que é sem o esquadrão multinacional por trás de si que a legislação européia permite ao Real Madrid.
    O Real Madrid de 1960 de Di Stéfano e Puskas (ambos argentino e húngaro naturalizados espanhóis) era grande mas tinha além dos dois naturalizados, 6 espanhóis natos e apenas um goleiro argentino, um zagueiro uruguaio e o atacante brasileiro Canário.

    Já em 1998 (apenas 4 anos após o caso Bosman) o Real Madrid bi-campeão mundial só tinha os dois zagueiros espanhóis (Sachi e Sanz) e mais Hierro e Raul o resto já era uma seleção multinacional com os brasileiros Roberto Carlos e Sávio, o goleiro alemão Ilgner, o lateral italiano Panucci, o argentino Redondo, o holandês Seedorf e o atacante Mijatovic da então Ioguslávia…

    As condições contra o Grêmio são ENORMES, mas futebol continua sendo 11 contra 11 e sempre é possível vencer MESMO com tamanha desvantagem…

  • Rezende

    Ilgo o Grêmio já é o campeão mundial de clubes pois o Real Madrid e seu astro Cristiano Ronaldo são uma distorção destes tempos de supremacia financeira europeia mais uma legislação comunitária trabalhista e imigratória frouxa que deixa qualquer um ser considerado “europeu” e assim não existem clubes europeus mas seleções multinacionais corporativas.
    O PSG é uma corporação futebolística do Qtar.
    O Real Madrid é um braço esportivo do dono da “Odebretch espanhola”.
    Eu costumava dizer que a nossa solução POSSÍVEL seria considerar os jogadores do MERCOSUL como os europeus. Os times brasileiros virariam seleções Mercosul com mais “4 estrangeiros”.

    É uma distorção do nosso tempo, o caso Bosman, a partir de dezembro de 1995, gerou um situação europeia onde depois de apenas poucos anos as principais equipes do velho continente tem (na maioria) 4 ou menos jogadores da nacionalidade do clube.
    Enquanto isso o Grêmios (e os times de fora da Europa) só recentemente podem colocar 3 ou 4 jogadores estrangeiros em campo. Até pouco tempo atrás só se podia CONTRATAR 3 estrangeiros!!!

    Cristiano Ronaldo JAMAIS seria o que é sem o esquadrão multinacional por trás de si que a legislação européia permite ao Real Madrid.
    O Real Madrid de 1960 de Di Stéfano e Puskas (ambos argentino e húngaro naturalizados espanhóis) era grande mas tinha além dos dois naturalizados, 6 espanhóis natos e apenas um goleiro argentino, um zagueiro uruguaio e o atacante brasileiro Canário.

    Já em 1998 (apenas 4 anos após o caso Bosman) o Real Madrid bi-campeão mundial só tinha os dois zagueiros espanhóis (Sachi e Sanz) e mais Hierro e Raul o resto já era uma seleção multinacional com os brasileiros Roberto Carlos e Sávio, o goleiro alemão Ilgner, o lateral italiano Panucci, o argentino Redondo, o holandês Seedorf e o atacante Mijatovic da então Ioguslávia…

    As condições contra o Grêmio são ENORMES, mas futebol continua sendo 11 contra 11 e sempre é possível vencer MESMO com tamanha desvantagem…

    • Ilgo Wink

      Muito interessante tua análise, valoriza o debate

  • HENRIQUE MARTINS

    Ilgo,
    Eu, pessoalmente, estou um pouco chateado pelo fato de não termos o “nosso meio-campo” titular.
    É por ali que se começa a ganhar o jogo.
    Infelizmente, nesse momento de maior importância, perdemos as referências “casca-grossa”.
    Só com Arthur por ali, já pensaria o jogo com outros olhos e chances aumentadas, mas não é o caso.
    E foi acontecer isso logo diante do Real Madrid.
    Que os Deuses do futebol nos abençoem.

    OBS: RBS comparando quem foi melhor:

    Barcelona 2006 ou Real Madrid Bi-campeão da Champions e com 11 conquistas é dose pra mamute…..

    • Ilgo Wink

      sem contar que o Real vem completíssimo, diferente do Barcelona

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Ilgo, é 11 x 11 e estou confiante demais na possibilidade do Bi, pois nosso histórico nos arremete à isso, e o meu palpite é de 3×2, que tal ?????

  • HENRIQUE MARTINS

    O título é nosso, podem comemorar!!!!!

    Jael prometeu fazer 10 gols no ano quando foi contratado, e à final e o último jogo do ano.
    Como ele fez um contra o Pachuca, sobram 9, coitado do Real Madrid.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Urubu detected

      • Alexandre

        O Grêmio na final do Mundial, campeão da Libertadores e o pateta querendo cornetar. É phoda viu

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Alexandre, esse é fake da turminha do ”Ninho do Urubu”, normal e previsível (kkkkk).

        • Rodrigo Mello

          O cara é doente,é da turma dos Urubus, tá sempre torcendo pela derrota, aliás este cara é Colorado, só isto explica esta doença.

          • Ricardo Gomes

            Bloqueado no segundo ar que deu. Não sei o que escreveu, mas deve ser um mazembado infiltrado.

          • ATÉAPÉ

            Vocês sabiam q a palavra vermelho vem do latim vermis ou vermillus, q significa verme? É sério. Basta pesquisar. Daí se justifica certas atitudes de alguns. Deixando absolutamente claro q nem todo vermelho é verme. Entendido?

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Yes, teacher (laughs).

      • Rodrigo Mello

        Tava demorando o pançudo aparecer kkkkkk

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Ele te deu um sossego depois da ”mijada” que recebeu de Paramiribo (kkkkk).

          • Rodrigo Mello

            KKKK, ele é meu fã,mandei a foto que ele pediu, porém ele correu e se escondeu no ninho hehehehe.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            O Ilgo bloqueou ele agora de tarde. Dançou, mas voltará com outro nick, sempre voltam estando ”de tocaia” por aí.

            Estás animado/confiante para amanhã, ou ainda persiste alguma reserva de pessimismo ?????

          • Rodrigo Mello

            Estou confiante, o pessimismo foi sepultado contra o Lanús, porque agora eu considero que o que vier é lucro, se perder e isto é do esporte, será para o maior clube do muindo e só em jogar com o Real não é para qualquer arigó. Mas acho que pode ser feito um crime sim. Em 95 suportamos a seleção Holandesa com um a menos. Nós não temos medo de jogar fora como uns e outros.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Sim, relembrando com muita satisfação os anos de 1981, 1995, 1997, 2001 e 2017, eu acredito em Grêmio 3×2 Real Madrid, que tal ????? (kkkkk)

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO
    • GremioSempre

      que azedo….parece humor dos amargos do lago.

  • Deny Camargo

    O Grêmio anulando o Modric é meio caminho andado para o título. É ele que abastece o Cristiano Ronaldo que só é o Cristiano Ronaldo quando joga perto da área. Ali prevalecem as grandes qualidades do português que são a capacidade de definição da jogada e o bom arremate. O homem é um robô.

    Quando o Modric é anulado e o CR7 tem que buscar jogo se torna um jogador burocrático. Nunca vi ele ir bem jogando mais recuado. Nessas ocasiões no máximo vi fazer algum gol de penalti.

    O Grêmio tem surpreendido. Todo mundo achava que os jogos contra o Barcelona e o Lanús fora de casa seriam terríveis e o Grêmio ganhou com autoridade. Já na Arena perdeu contra os Equatorianos e pariu uma bigorna pra ganhar dos Argentinos.

    Todo mundo achava que contra o Pachuca seria tranquilo e contra o Real Madrid praticamente impossível ganhar. Pois contra o Pachuca foi dificílimo….

    Algo me diz que esse título é nosso desde que ganhamos a Libertadores. Com relação a Libertadores eu achava que se passasse contra o Botafogo não perderíamos a taça, assim como acho que se evitando um “Pachucaço” o título vem pra nós. Espero estar certo.

    Minha esperança é que o Grêmio esse ano só teve dificuldades contra times que se defendem muito bem e não dão espaço (Corinthians, Cruzeiro, Pachuca) contra os que vão pro ataque se deu bem (Barcelona, Fluminense, Lanús).

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Amigos Gremistas ….. !!!!!

    Mesmo estando de sangue doce e lendo muito pelas redes sociais ”o que vier é lucro”, eu respeito muito o adversário pela força & poder que tem sobre inúmeros times do mundo inteiro além de nosso bom e tão bem treinado time estar sem o Rei Arthur, mas é 11 x 11, final de Mundial, somos imortais porque nunca desistimos de nada, o foco é a vitrine que esse momento vai dar ao clube, a marca Grêmio, à cada um dos jogadores e à todo elenco, portanto …..

    ….. entendo que haverá muita doação, apoio, raça, vontade, entrega e atenção a todos os detalhes do poder desse tão grande adversário e com os espaços que teremos, porque eles vão sair pro jogo como foi citado por tantos por aqui, a chance de sucesso existe sim, e é de 50 x 50%, pois é só lembrar de nossas grandes conquistas fora de Porto Alegre em 1981, 1995, 1997, 2001 e 2017 quando voltamos vencedores jogando contra tudo e contra todos em cada uma.

    Claro que será difícil ou quase impossível, mas eu acredito, e como somos imortais, a hora é essa de mostrar a força de nossa marca, camisa, torcida e capacidade de superação com 110% de doação de cada um, pois também é o último jogo e oportunidade da temporada para todo o elenco.

    Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe tricolor, tu vais vencer, és o Campeão Mundial ….. Oremos ….. !!!!!

  • HENRIQUE MARTINS

    Acho que vou arranjar outra maneira ou outro nickname para continuar nos comentários.
    Ter homônimo não é uma boa.

    • ATÉAPÉ

      Será q o Ilgo não tem algum filtro prá bloquear o outro, seu suposto xará? Obviamente, os emails são diferentes. Bastaria bloquear o email do outro. Se ele qer cornetar, q mude o nome, oras.

      • Ilgo Wink

        vou ver

        • Ilgo Wink

          BLOQUEADO

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Henrique, é fácil identificar o cara, você tem 199 comentários e o urubu tem 21, é só colocar o cursor sobre a foto ou clicar no nome de cada um e identificar esse detalhe além do ”conteúdo”.

      Outra coisa, ele positiva todos os outros urubus quando entram aqui porque ele é só mais um do pequeno ”ninho”, ou pode ser que seja uma ”Flor ou Elke Maravilha” da vida, pense nisso.

    • Ilgo Wink

      O teu fake foi bloqueado

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Muito bom, Ilgo ….. isso acaba com os corneteiros inúteis.

        Eu bloqueei ”diretamente” um jurado aí que perseguia a tese de me acusar de ter aqui mais de 25 fakes e cada seguidor teu que concordava comigo ou com a administração & gestão atual do Grêmio, ele acusava de ser ”outro” fake do Copião, mas parece que o cara sumiu daí, pois não tenho mais visto respostas de ninguém à ele abaixo da informação Este usuário foi bloqueado por você.

        Valeu, que siga a harmonia do Blog. Dá-lhe Grêmio, rumo ao Bi-Mundial, eu acredito.

        • HENRIQUE MARTINS

          Sem falsidades iremos longe.
          Tamo junto nessa…………..

      • HENRIQUE MARTINS

        Obrigado Ilgo.

        Até a pé nós iremos………
        Dá-lhe Grêmioooo

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          ”Tâmu juntu” com o Ilgo, Henrique.

  • GremioSempre

    Confiante e acreditando independente do placar que teremos um grande jogo, GRÊMIO SEMPRE !!

  • GremioSempre

    Confiante e acreditando independente do placar que teremos um grande jogo, GRÊMIO SEMPRE !!

  • ATÉAPÉ

    A mídia errou! Estão comparando jogadores de Grêmio e Real, mas não estão fazendo direito. Exemplifico: Grohe, óbvio é melhor q Navas. Até aí, OK. Mas erram qto aos outros.

    Ora, evidente q Geromito em confronto direto tem condições de segurar CR7. Kanneman pode frear Benzema. Edilson bloqueia Marcelo. Cortez cuida de Carvajal. Na frente, LUan pode entortar Sérgio Ramos e Fernandinho dar nó em Varane. Jael, o cruel, pode segurar os dois lá atrás pois joga de costas para a zaga. Barrios tbém. Estão vendo? Essa é a comparação q deve ser feita.

    No meio é mais complicado, mas cada um q marque o seu. Enfim, difícil é, mas nunca impossível. Vendo os q venceram o Madrid, tem time q chutou 16 vezes no gol dos merengues. Se entrar uma, estamos no caminho.

    Acreditar é preciso, viver tbém. Gremiaremos mais uma! Dá neles, Imortal!

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Nico, tu é ”o cara” (kkkkk).

      • ATÉAPÉ

        Valeu, Zé. rs.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Ok, ATÉAPÉ (kkkkk).

    • Ilgo Wink

      é óbvio qwe o time e o grupo do Real
      é superior.
      Mas isso precisa ser confirmado nos 90 minutos, não no papel.,
      O pessoal precisa encher páginas e preencher espaços na TV e no rádio.

      • ATÉAPÉ

        Tem razão, Ilgo. O problema é a soma dos esforços, rs. Aí é q a diferença se apresenta.

      • heraldo

        Renato melhor que CR7 transbordou a imprensa. Só 2 times que estão sendo comentados no mundo

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Heraldo, o incrível é que tem jornalista no Brasil inteiro que não percebe que Renato tira sarro deles e de ”TODOS” os colorados com essa história, e os PATOS acreditam.

  • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

    Senhores, nas últimas horas, tem ficado ainda mais difícil viver no “Texas”. Eu já explico os motivos.
    O que se espera, quando se tem um time de sua região/estado/país disputando um Mundial de Clubes é que se faça uma cobertura jornalística que empolgue, que retrate a preparação da equipe, o “climax” dos bastidores… enfim, um retrato dos acontecimentos para o torcedor que não pode estar nos Emirados Árabes. Porém, como todos sabem, não é o que ocorre.

    O que temos acompanhado é uma insana pauta, da IVI e suas correlatas, focada em polêmicas e fofocas. Alguém percebeu o que se está tentando fazer ou provocar?

    Sinceramente, meus amigos, somente quem tem vivido em uma bolha ou em uma caverna nos últimos 40 anos não percebe o que está acontecendo.

    A imprensa gaúcha, infelizmente, anda muito desprovida de qualidade e de honestidade intelectual em suas matérias ou entrevistas. Essa absurda tentativa de criar uma polêmica entre Renato e Cristiano Ronaldo ultrapassa os limites do patético; chega a ser repulsiva. Simplesmente, estamos assistindo a um espetáculo lamentável que beira ao ridículo, onde é visível a tentativa de dar combustível à imprensa espanhola, que por sua vez pode gerar mais material e abastecer o vestiário merengue com repercussões que tentam fazer do Grêmio uma equipe soberba e arrogante.

    Coloquemos, então, os pingos nos “is”. Esse papel de empáfia, soberba e arrogância nós sabemos muito bem a quem está alinhado. E mesmo vencendo a CB-16, a LA-17 e estando na final do Mundial de Clubes, percebo tanto a torcida gremista quanto os jogadores com o pé no chão, cientes das qualidades e limitações do nosso time. O que não significa que não queremos a vitória e que ela não será valorizada, caso ocorra.

    Sim, meus amigos, queremos o Mundial de Clubes e vamos querer sempre. Desejar e esperar pela vitória não tem nada de soberbo ou arrogante. Chama-se ACREDITAR NO POSSÍVEL. Não existe alguém tão bom que não possa ser superável. No 11 x 11, ambas as equipes terão pontos fortes e fracos, e é daí que sairá o vitorioso. Certamente, aquele que estrategicamente melhor explorar estes pontos, terá maiores condições de conquistar o título.

    Portanto, chega a ser triste as inúmeras tentativas da IVI de incendiar o vestiário do Real Madrid. Até porque, a cultura espanhola parece ser bem diferente da nossa, o que me leva a pensar que, mais uma vez, a “errebêesse” e seus soldados vermelhos travestidos de jornalistas conseguem o que parecia impossível: pagar um mico intencional se convertendo em uma forte imprensa marrom. Viram só como o impossível se torna possível?

    Se a IVI conseguiu esse feito, por qual motivo o Grêmio não pode se consagrar Campeão Mundial em cima do Real Madrid (com sua força máxima, devo acrescentar)?

    Todavia, basta analisar de que lado está a empáfia. No dia de ontem (14/12), verifiquem qual equipe estava treinando e se concentrando e qual estava passeando pelas ruas e shoppings de Abu Dhabi. Se isso não é arrogância, deve ser muita segurança de que o Grêmio será muito facilmente batido.

    Se vamos vencer, eu não sei. Mas que o Real Madrid levar a taça, será em um jogo onde a derrota do Grêmio sairá muito cara. Porém, o que me faz acreditar no nosso tricolor é que se prega muito respeito pelo adversário e não idolatria (já me apropriando das palavras do nosso amigo Ilgo). E esse é o primeiro passo (e penso ser um dos mais essenciais) para um time ser campeão.

    Desculpem o meu desabafo. Porém, não podia deixar passar a emoção do momento. Amanhã, temos tudo na mão para fazer a história novamente. Estar entre as duas melhores equipes do mundo, nós já estamos. A dor da IVI é ver sua farda como a segunda melhor do Super Mega Hiper Ultra Campeonato Brasileiro da Série B (o antigo inferno da segundona).

    E é isso, meus caros. A cada dia que passa, está mais fácil ser jornalista em nossa província. Alguns de nós, que sabem escrever (o que é raro hoje em dia) teríamos vida fácil por lá, a não ser pelo fato de sermos gremistas. Mas, como não se pode ter tudo, prefiro ser gremista. Esta é uma condição em que, ao menos, 60% do nosso amado RS concorda ser uma verdadeira honraria.

    • Ilgo Wink

      há um esforço concentrado desse pessoal em fazer com que Cristiano Ronaldo entre em campo cuspindo fogo, louco para provar ao Renato quem é o melhor.
      Imagine ele comemorando um gol na frente do Renato e dizendo ‘chupa’
      É isso que os vermelhos querem ver.
      Mas não vão ver.

  • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

    Senhores, nas últimas horas, tem ficado ainda mais difícil viver no “Texas”. Eu já explico os motivos.
    O que se espera, quando se tem um time de sua região/estado/país disputando um Mundial de Clubes é que se faça uma cobertura jornalística que empolgue, que retrate a preparação da equipe, o “climax” dos bastidores… enfim, um retrato dos acontecimentos para o torcedor que não pode estar nos Emirados Árabes. Porém, como todos sabem, não é o que ocorre.

    O que temos acompanhado é uma insana pauta, da IVI e suas correlatas, focada em polêmicas e fofocas. Alguém percebeu o que se está tentando fazer ou provocar?

    Sinceramente, meus amigos, somente quem tem vivido em uma bolha ou em uma caverna nos últimos 40 anos não percebe o que está acontecendo.

    A imprensa gaúcha, infelizmente, anda muito desprovida de qualidade e de honestidade intelectual em suas matérias ou entrevistas. Essa absurda tentativa de criar uma polêmica entre Renato e Cristiano Ronaldo ultrapassa os limites do patético; chega a ser repulsiva. Simplesmente, estamos assistindo a um espetáculo lamentável que beira ao ridículo, onde é visível a tentativa de dar combustível à imprensa espanhola, que por sua vez pode gerar mais material e abastecer o vestiário merengue com repercussões que tentam fazer do Grêmio uma equipe soberba e arrogante.

    Coloquemos, então, os pingos nos “is”. Esse papel de empáfia, soberba e arrogância nós sabemos muito bem a quem está alinhado. E mesmo vencendo a CB-16, a LA-17 e estando na final do Mundial de Clubes, percebo tanto a torcida gremista quanto os jogadores com o pé no chão, cientes das qualidades e limitações do nosso time. O que não significa que não queremos a vitória e que ela não será valorizada, caso ocorra.

    Sim, meus amigos, queremos o Mundial de Clubes e vamos querer sempre. Desejar e esperar pela vitória não tem nada de soberbo ou arrogante. Chama-se ACREDITAR NO POSSÍVEL. Não existe alguém tão bom que não possa ser superável. No 11 x 11, ambas as equipes terão pontos fortes e fracos, e é daí que sairá o vitorioso. Certamente, aquele que estrategicamente melhor explorar estes pontos, terá maiores condições de conquistar o título.

    Portanto, chega a ser triste as inúmeras tentativas da IVI de incendiar o vestiário do Real Madrid. Até porque, a cultura espanhola parece ser bem diferente da nossa, o que me leva a pensar que, mais uma vez, a “errebêesse” e seus soldados vermelhos travestidos de jornalistas conseguem o que parecia impossível: pagar um mico internacional se convertendo em uma forte imprensa marrom. Viram só como o impossível se torna possível?

    Se a IVI conseguiu esse feito, por qual motivo o Grêmio não pode se consagrar Campeão Mundial em cima do Real Madrid (com sua força máxima, devo acrescentar)?

    Todavia, basta analisar de que lado está a empáfia. No dia de ontem (14/12), verifiquem qual equipe estava treinando e se concentrando e qual estava passeando pelas ruas e shoppings de Abu Dhabi. Se isso não é arrogância, deve ser muita segurança de que o Grêmio será muito facilmente batido.

    Se vamos vencer, eu não sei. Mas se o Real Madrid levar a taça, será em um jogo infernal, onde a derrota do Grêmio não sairá barata. Porém, o que me faz acreditar no nosso tricolor é que se prega muito respeito pelo adversário e não idolatria (já me apropriando das palavras do nosso amigo Ilgo). E esse é o primeiro passo (e penso ser um dos mais essenciais) para um time ser campeão.

    Desculpem o meu desabafo. Porém, não podia deixar passar a emoção do momento. Amanhã, temos tudo na mão para fazer a história novamente. Estar entre as duas melhores equipes do mundo, nós já estamos. A dor da IVI é ver sua farda como a segunda melhor do Super Mega Hiper Ultra Campeonato Brasileiro da Série B (o antigo inferno da segundona).

    E é isso, meus caros. A cada dia que passa, está mais fácil ser jornalista em nossa província. Alguns de nós, que sabem escrever (o que é raro hoje em dia) teríamos vida fácil por lá, a não ser pelo fato de sermos gremistas. Mas, como não se pode ter tudo, prefiro ser gremista. Esta é uma condição em que, ao menos, 60% do nosso amado RS concorda ser uma verdadeira honraria.

    • Ilgo Wink

      há um esforço concentrado desse pessoal em fazer com que Cristiano Ronaldo entre em campo cuspindo fogo, louco para provar ao Renato quem é o melhor.
      Imagine ele comemorando um gol na frente do Renato e dizendo ‘chupa’
      É isso que os vermelhos querem ver.
      Mas não vão ver.

  • ATÉAPÉ

    Já q estou inspirado, rs.

    Questão de lógica: Se CR7 diz q é melhor q Pelé, sendo q Renato diz q é melhor q CR7, logo o melhor de todos os tempos é Renato. FAz sentido, né? rs

    Outra coisinha, imprensa tupiniquim e IVI. É Grêmio x Real Madrid, não o contrário, vira-latas.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Meu prezado amigo Nico ….. !!!!!

      É incrível como o RenaTRI PENTAluBI consegue tirar sarro dos jornalistas do Brasil inteiro e dos cocolorados com esta história de ser melhor que o CR7, e os PATOS acreditam nisso, pois só nos argumentos que ele usa ele derruba qualquer ”tese” de que isso poderia um dia ser verdade, e ninguém deles percebe isso.

      É igual a história da estátua dele que foi pedida pelo Sérgio Boáz na coletiva após o Penta da Copa do Brasil e Pedro Salmão Mortadela do Legado Denardin entrou nessa barca, comprou a idéia ironicamente, e hoje, esse assunto já está no conselho do clube para que possa ser verdade. É o Grêmio com sua força & tradição.

  • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

    Tem gente que é muito famosa até nos Emirados Árabes.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Muito boa essa ….. o ”Çaxa” vai se mandar pro Botafogo depois dessa (kkkkk).

      • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

        kkkkkkkkkkkkkkkk

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    RICARDO WORTMANN – CORNETA DO RW

    Essa vai para o ótimo Blog de Resistência do Ricardo Wortmann, criador da IVI em janeiro de 2012, pois o Peninha da RBS // ZH está com um apetite enorme em detonar a IVI e numa gravação com David Coimbra e Duda Garbi, dos 06m35s até 08m24s do vídeo ele mostra com muita ironia o momento da IVI da Ypiranga com suas facetas em capas de suas plataformas. Peninha até pede no ar para os caras não censurar não editando esta parte. Vejam:

    https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/gremio/noticia/2017/12/david-e-peninha-contam-a-duda-garbi-como-era-o-mundo-na-epoca-do-titulo-de-1983-cjb70p14a00iq01p933stm0f3.html

    IMAGINEM SE O MUNDO AMANHÃ REALMENTE FICA AZUL, AS COLORIDA PIRA ….. !!!!!
    OREMOS ….. !!!!!

  • Deny Camargo

    Arrepiante a chamada que a Globo fez pro jogo!

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Deny, eu acredito porque é 11 x 11 e o Grêmio me provou ao longo do tempo que é possível sim passar por obstáculos impossíveis ”até” fora de casa como em 1981, 1995, 1997, 2001 e 2017 recentemente.

  • heraldo

    4 x 0 Barrios, Luan e Jael , fora o baile

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Sr. Langer, vamos mais devagar, é o Real Madrid, mas eu acredito num Grêmio 3×2, que tal ?????

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Acho que deletaram a tua resposta, mas eu repito a minha: vá você primeiro, Sr. Langer (kkkkk).
      Dá-lhe Grêmioooooo ….. abraço, ”mokiridu”.

  • heraldo

    5 minutos Fernandinho ganha na corrida emenda uma bomba (1° aviso do fim do mundo) da na trave e Barrios empurra mui contento pra dentro do gol.17 minutos Luan dribla 4 pra esquerda e 5 pra direita e com um totózinho encobre navas e o estádio inteiro de pé aplaudindo.38 minutos, tabela entortadora pela direita toque profundo pro Edilson que recua pro meio círculo da grande área, Luan pega de voleio e caixa.15 do segundo tempo o estádio e a maioria dos 3 bilhões (será que é grande)de telespectadores cantando olé ,Fernandinho em disparada , nava fecha o ângulo , ele toca por cima onde uma testa incrédula e cruel sacramenta o escore.

    • Ilgo Wink

      quem sonha está mais próximo das estrelas

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Cara, não sei se eu acredito mais no Heraldo ou mais no Langer, porém ….. Grêmio 3×2 Real Madrid.

  • FERNANDO

    Se o Grêmio vencer o Real Madrid (que Deus nos ilumine), será o maior feito que um clube de futebol alcançará , já que esse time espanhol está sendo cantado em prosa e verso – com razão – como um dos melhores times da História. Senhores: amanhã, se vencer, o Grêmio atingirá outro patamar, estará definitivamente acima dos demais clubes brasileiros e no caminho irreversível de se tornar um clube autossustentável. Da-lhe Grêmio!!!

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Concordo, nada poderá ser maior. Oremos ….. !!!!!