Roger Machado sinaliza fim de um ciclo

O técnico Roger Machado teria colocado o cargo à disposição depois dos 4 a 0 em Curitiba.

Eu mesmo sugeri, aqui neste espaço, que ele, como bom gremista, fizesse isso para o bem do clube. Roger fez a sua parte. Mostrou que é um bom gremista. O pedido não foi aceito.

Nesta noite, em Campinas, outra atuação deprimente. Levou 3 a 0. Nos últimos cinco jogos, três derrotas fora de casa, sendo que duas por goleada diante de equipes medianas, e dois empates em casa. 

Não há nada no horizonte que sinalize para uma melhoria. Nada. Pelo contrário, a maionese desandou. Não tem mais salvação.

E escrevo isso com amargura, porque Roger foi uma luz no cenário de penumbra que vivia o Grêmio na no período Felipão.

Foi com Roger que o Grêmio chegou a empolgar não apenas a torcida gremista, mas todas as torcidas pelo beleza e eficiência de seu futebol.

Provocou muita inveja, muito rancor dos adversários, mas houve também reconhecimento. Não durou muito tudo isso.

Mas durou o suficiente para o Grêmio, com Roger Machado no comando, proporcionar uma das maiores alegrias deste século ao torcedor gremista: os 5 a 0 sobre o Inter.

Então, é com tristeza que vejo o ciclo de Roger terminar. 

Não há muito a escrever sobre a derrota diante da Ponte Preta. 

Apenas registrar que falta qualidade, mas a qualidade que hoje existe no clube não é inferior a da Ponte Preta, nem a do Coritiba.

Roger Machado, ao que parece, embaralhou suas convicções, não encontrou outros caminhos para superar adversidades e acabou se perdendo nos labirintos que o futebol cedo ou tarde reserva a todos.

Então, no momento em que escrevo, minutos após outra humilhação, Roger deve estar pedindo as contas, agora de maneira mais enfática.

Dificilmente a direção recusará esse pedido.

Uma pena. Mas a fila anda. E no futebol não anda, atropela.

Se gostou, compartilhe!

  • Robert Plant

    O importante é que foi um bom aprendizado.

    • Detective

      Como diria o Róger. Como diriam os atletas: “O grupo está de parabéns.” Como diria o RW: “Quinze anos é pouco.”

  • Marcos lena

    Se foi o Boi com a corda. Romildo esta com os dias contados. Na eleição os sócios vão mudar a direção, pode crer. Não tenho lado, mas o ultimo campeão foi o Odone, de la pra cá muita esperança e pouca alegria, não é mesmo ? Eu não aguento mais ver MO, Douglas, Negueba, Ramiro, Bolzan, Roger. Devolvam o nosso Grêmio. PQP. Se brincar nem o Ilgo se elege por estar na Chapa da situação.

    • nelsongz2

      O último presidente campeão foi o Duda, em 2010, e não o Odone.

      Na tua lista de jogadores eu incluo o Capitão Depressão, que fica mais tempo machucado do que jogando, além da lentidão em campo.

  • Daniel Scherer

    Infelizmente demorou demais para acontecer. Era visto a olhos nus que o Roger já tinha atingido o seu limite. Faltou direção de futebol para dar respaldo no vestiário e acabar com a confraria do barba roxa??? Sim faltou. Mas o treinador contribuiu demais para chegar onde estamos. Desde janeiro não conseguiu corrigir a bola aérea defensiva, não temos uma jogada ensaiada, nosso escanteios são uma vergonha. Isso é treino, apenas treino, qualquer treinador de várzea sabe como corrigir estes aspectos. Então Roger tem seus pecados sim, assim como seus méritos. Problema é que chegou a hora que a balança pesou demais contra ele.
    Agora, tem coisa podre no vestiário e não passa só pelo treinador a correção de rumo. A declaração do Geromel ontem depois do jogo foi grave, é preciso urgente identificar o que está ocorrendo, senão corremos um risco muito grande de acabarmos o ano disputando outro tipo de vaga.
    Para treinador acho que Eduardo Batista seria um bom nome, mas ouvi que ele já está acertado com o Corinthians para 2017. Poderia ser o do Rosário Central, mas a questão de adaptação e entendimento (por causa do idioma) neste momento acho que treinador estrangeiro não é o ideal. A menos que fosse um que saiba se comunicar em português (Arce, Aguirre, Sabella)

    • Fabio Scheffer

      Roger foi vitima das expectativas de um clube ávido por um grande titulo a 15 anos, de uma direção perdida em rixas politicas e “entendedores de futebol” que avaliam errado e contratam ainda pior, e principalmente dele mesmo.

      Sinceramente não tinha como dar certo uma relação que começou a mais de um ano, e que trouxe um sopro de esperança no inicio, dar certo com um trabalho que acabou perdendo tudo que disputou muito por teimosia, erros estratégicos e até uma certa soberba do nosso treinador.

      Tiago falhando no gol ano passado e sendo mantido, a dupla Fred/Bressan jogando no lixo nosso 1º semestre com aval do treinador e agora a insistência com M.Oliveira, a imagem dessa campanha ladeira baixo, são argumentos mais do que suficientes pra comprovar que o Roger ainda não estava pronto e talvez demore mais do que a gente imaginava pra ficar.

      Que Roger reflita e aprenda com os erros em casa, e que o Grêmio contrate um treinador tampão atá o final do ano não cometendo loucuras em nomes como Renato Portaluppi ou Adilson Batista.

  • Dilamar Costenaro

    A tempos que venho falando, o Grêmio é um Juventude com cores diferentes, mas com a grandeza e o futebol da mesma série, “D”.

    • Dilamar Costenaro

      AHHHH desculpem esqueci de mencionar, O ÚLTIMO QUE SAIR APAGUE A LUZ!

  • Robert Plant

    Eu acho que a montagem do elenco para 2017 deve começar por MO, Maicon e Douglas. Devem trazer de volta Werley, Bressan e Fernandinho. Além de buscarem Sheik, Dagoberto e Rafael Moura, o He-Man. O técnico deve ser Leão, Luxa ou Geninho! Para Presidente, Obino com Rafael Bandeira dos Santos de Vice de futebol.

    • Dilamar Costenaro

      O Sheik viria correndo, se juntaria as 16 gangues que tem no Grêmio, e venderiam bastante drogas nos jogos e nos treinos, é um lucro a mais, Bolzan ficaria satisfeito, mais grana no “cofre”.

    • Tu pensa que está sendo irônico. Mas esse time é melhor do que está jogando. O problema é que torcedor gosta de teses. Bom é o que não joga. Um time que tem Pedro Brocha, Neguebas, Guilherme Tropeço, Cebolinha corre-corre, e o cara quer tirar sarro do He-Man e do Sheik. Não te preocupa esse pensamento é da maioria gremista, corroborado pelo Conselho e que se reflete nas digníssimas diretorias que montam elencos como a cara deles. E outra, as categorias de base é de chrar, os meninos sobem sem ao mínimo saber chutar uma bolae pra piorar com os times caóticos montados afundam junto.

      • Detective

        Júnior Chávare e companhia.

  • Serrano

    Troca de técnico a treze rodadas do fim do Brasileirão.
    Jogadores dando declarações indiscutivelmente infelizes.
    Corneta entre dirigentes.
    O mandatário Máximo acumulando as funções do Futebol.
    Retrocesso crescente rodada após rodada.
    O time com o melhor ataque do Brasil não consegue mais nem chutar a gol.

    O cenário não é desolador ou deprimente. É preocupante.

    Em tempo, feliz aniversário ao Grêmio e aos gremistas.

    • Ricardo de Cruzeiro

      Um pouco antes do nosso jogo,ví o Enderson ou Ederson, do América,até hoje não sei o nome certo do dito cujo.Porém lembro perfeitamente que um dia nos aplicou o 171 com seu futebol moderno,com suas teses.Por que,assim do nada, lembrei-me disto?Porque acho que passamos pelo mesmo conto do bilhete? Parece impossível alguém cair no conto do “treinador” premiado ?Fique uns quantos anos na seca e veja como é fácil ser ludibriado.Então o que passou,passou.Cuidado com o que vem pela frente.Sem “pojetos “,sem futevôlei no Rio,sem família no vestiário,sem teses e teorias.Dificil?Te vira chapa 4.

      • Ilgo Wink

        Ricardo, não me lance esse desafio, a bronca é grande.
        Até porque minhas chances de eleição agora ficaram muito reduzidas.

        • Alexandre Galiazzi

          Nosso jogo de domingo pode definir o próximo comandante. Uma vitória nossa pode derrubar Levir Culpi… e eu gostaria de vê-lo em nossa casamata.

  • Fábio Viana

    Quem tiver tempo, dá uma olhada nos melhores momentos do jogo de ontem, feito pelo canal do youtube +Lancestv.

    Destaque para os lances do Marcelo Oliveira. Deprimentes e vergonhosos.

    • Fábio

      Só o Tite não vê as qualidades dele!

    • Detective

      SABE POR QUÊ? NÃO TEM CORAGEM NO FUTEBOL DO GRÊMIO.

  • Fábio

    Foi apenas coincidência a saída do Giuliano e a decadência do time na tabela? Sorte que já estamos perto da faixa dos 45.

    A cara de bunda do Wallace pós Olimpíada também contribuiu para a desgraça, assim como o infeliz do Marcelo Oliveira.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Fábio, com Giuliano no time, nós perdemos TUDO o que disputamos, 2 gauchinhos, 1 Liga Sul, MG, RJ, 2 Copas do Brasil, 2 brasileiros e uma Libertadores.
      Ele apenas fazia as orações no vestiário e após cada gol puxando todos para de joelhos, abraçados levantar os dois dedinhos insinuando que não era ele quem jogava no Grêmio, era DEUS.
      Giuliano e Marcelo Grohe não tem cabelo no peito para vestir a camisa da seleção brasileira, e foram pra lá apenas por politicagem do Tite com o nosso estado do RS. FATOS.

  • Detective

    Ilgo e amigos:
    Observem as propagandas do Grêmio na Rádio Grêmio Umbro: “.. a marca que trAZ AR alfaiataria…”
    A propaganda do Gatorade é horrível.
    O hino do Grêmio tocado em homenagemn ao aniversário, em nossa rádio oficial, diz em um dos versos: “Nós SOMOSbons torcedores,…

  • HENRIQUE MARTINS

    Enquanto permanecer esta divisão política dentro do clube, nada mudará.
    O clube só tem a perder.
    Pelo andar da carruagem “a fila” vai longe.
    De nada adianta debater sobre jogadores, técnicos………alguns irão ser campeão, mas em outros clubes, menos no Grêmio.
    Hoje, cancelei o pay-per-view.
    A paciência se esgotou.
    Comparando, tem sido pior que os anos 70.
    O GRÊMIO HOJE EM DIA É UM CEMITÉRIO DE JOGADORES E TÉCNICOS.

  • Ricardo de Cruzeiro

    Vitória!Quando Deus fecha uma porta…abre uma janela!

  • Fábio Viana

    MEDO!

    http://globoesporte.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/2016/09/com-alvo-preferido-gremio-se-fecha-para-anunciar-sucessor-de-roger.html

    Bolzan diz que quer anunciar no inicio da semana e a reportagem informa:
    “Antonio Carlos Zago está focado no jogo decisivo da equipe de Caxias do Sul contra o Mogi Mirim, domingo…”

    Palpite:
    Se Juventude cair fora, que é bem provável, acho que vem o Zago. Daí só resta rezar.

    • Arthur J

      Estão falando do Espinosa de Coordenador técnico e Portaluppi de técnico.

      Espinosa pode ser uma boa (tivesse vindo antes, talvez estivéssemos numa situação melhor e ainda com o Roger).

      Renato é aquela coisa. É mais adorador de bruxo que o próprio Roger, e seu último trabalho aqui foi de doer, apesar da boa campanha, era um futebol sofrível (parecia o inter do argel, antes da derrocada).

      Enfim, não me empolga, mas acho que o ano está perdido mesmo…