Grêmio sofre, mas garante vaga sem ajuda

Grêmio está nas semifinais do Gauchão por seus próprios méritos. Não precisou de ajuda da arbitragem. Pelo contrário, o gol do Novo Hamburgo saiu de uma falta inexistente, que até o Batista acabou reconhecendo com erro do sr Daronco.

O gol foi do zagueiro Fred, que bateu com perfeição. Fosse eu dirigente do Grêmio, contrataria esse zagueiro, que é bom também defendendo.

O gol desestabilizou o Grêmio, que só voltou a jogar bem de novo no segundo tempo, com a entrada de Mamute no intervalo. A saída de Matias também foi providencial, passando Ramiro para a direita e entrando Felipe Bastos no meio. Felipão acertou.

Mas o gol demorou a sair. Veio de uma cobrança de falta por Douglas. Geromel, aos 24min, empatou de cabeça. O gol deu novo ânimo ao time. Minutos depois, Mamute sofreu falta dentro da área, pênalti. Douglas bateu na trave. Depois, o Grêmio ainda teria mais duas bolas na trave, um indicativo de que Jesus estava chamando.

A vaga foi garantida nos pênaltis, a exemplo do que aconteceu com o Inter. O NH esteve muito próximo da vaga, bastaria acertar a última cobrança da série de cinco, até ali com aproveitamento quase total. O único a errar na série foi o Éverton, um guri, reserva, com tanta responsabilidade. Foi erro sua escalação para bater.

Bem, Paulinho tinha a bola do jogo. Mas Marcelo Grohe salvou defendendo com as pernas e levando a decisão para os pênaltis alternados. Ramiro foi o sexto cobrador gremista, e não decepcionou. Na sequencia, Grohe fez uma defesa sensacional.

Com isso, ele calou seus corneteiros e garantiu o Grêmio para enfrentar o Juventude, último obstáculo antes do Gre-Nal. Sim, o Inter, como se viu contra o Cruzeiro, passa pelo Brasil mesmo com os reservas, ou time misto.

1323
Deixe um comentário

Please Login to comment
0 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais recente
Comentário mais popular
0 Comentaristas
Recent comment authors
  Seguir discussão  
novos antigos
Notify of