Jogo para avaliar Luxemburgo

Depois de perder a formidável chance de ser campeão do primeiro turno – fez o mais difícil, que era eliminar o Inter -, o Grêmio começa neste domingo a caminhada pelo título do segundo turno. Enfrenta o glorioso Cerâmica, um time cuja folha de pagamento -160 mil reais- não paga um terço do salário do Kleber.

Não espero grande coisa desse jogo. O time do Vanderlei Luxemburgo é quase igual ao que derrubou Caio Jr, ou seja, um time no qual não aposto uma cerveja 1983.

O meio de campo é do tipo ‘derruba-treinador’. Fernando, que parece estar sofrendo um processo de desaprendizado, Léo Gago, Marquinhos e Marco Antônio. É óbvio que no papel esses jogadores são superiores ao do Cerâmica, mas no campo é outra história. Esse quarteto é desafinado, pior que banda de pagode que deixa o Traíra cantar.

Prevejo muita dificuldade. É bom não esquecer que o Grêmio com esse time só não caiu na fase classificatória do primeiro turno porque o Cruzeiro perdeu os pontos no tapetão.

Caio Jr fracassou com esses jogadores. Quando começava a dar um jeito, perdeu Mário Fernandes e Júlio César. Não teve o tempo necessário para formatar a equipe. E duvido que o conseguisse.

Agora, vamos ver se Luxemburgo consegue tirar mais desses jogadores insuficientes para um clube que busca título nacional. Se ele conseguir fazer esse meio campo jogar, marcando com eficiência, articulando com velocidade, objetividade e criatividade já estará justificando sua contratação. Mesmo assim, não vejo chance alguma de título expressivo – sequer de Gauchão – com esses jogadores.

Espero que Facundo tenha oportunidade no decorrer do jogo. Se ele for o jogador veloz e vertical que imagino, pode sacudir o time, beneficiando os dois atacantes. O zagueiro Werlei e o lateral Pará também estão à disposição. Vamos ver se as indicações do treinador são boas mesmo.

A lamentar que Souza tenha se lesionado. Mostrou muita qualidade em poucos jogos. É aquela história: jogador bom no Grêmio se lesiona facilmente, os ruins nunca.

Então, o jogo contra o Cerâmica será útil para começarmos a conhecer o time de Luxemburgo, que treinou forte durante toda a semana, tentando ajustar essa máquina emperrada montada pela direção gremista.

Se Luxemburgo for mesmo um técnico diferenciado, vai fazer esse time jogar um pouco mais.

Enquanto isso, fico no aguardo do Alex. Só um jogador desse nível pode colocar o Grêmio como forte candidato ao título da Copa do Brasil. Se ele não vier, ou outro de igual envergadura, vamos ficar de novo no meio do caminho. E eu já estou cansado disso.

Se gostou, compartilhe!