Castigo e Renascimento

Minha intenção era esperar pelo vestiário do Grêmio antes de escrever. Estava curioso para ouvir o presidente Paulo Odone. Estava ansioso por outro discurso ufanista e ao mesmo tempo rançoso que ele despejou após a vitória sobre o Santos. Mas soube agora que ele não viajou com a delegação.

Escapou, portanto, de explicar a derrota para o Coritiba. Depois de três vitórias seguidas, o Grêmio voltou a perder. E assim vai ser até o fim do campeonato, onde o Grêmio já entrou morto, com todo o respeito.

Os 2 a 0 caem como um castigo sobre o arrogante presidente gremista, que cantou vitória antes do tempo e atacou o ex-treinador Renato.

Pois o que se viu em Curitiba foi mais ou menos o time que Renato tinha à sua disposição no primeiro semestre deste ano. Não faltou nem Diego Clementino.

Quando foi convidado a se retirar, Renato esperava pela volta de André Lima, vindo de longa lesão, e pela possibilidade de escalar Miralles. Os dois não são grandes coisas, mas seria alternativas para compor um ataque um pouco melhor naquele momento.

Como um castigo, os dois não puderam enfrentar o Coritiba. Como se não bastasse, Brandão se lesionou e aí o que se viu foi praticamente o mesmo Grêmio que Renato teve, um Grêmio sem atacantes.

O sr. Odone se precipitou ao cantar marra e a dizer que agora sim, com Roth e com Pelaipe, o Grêmio tinha a cara de Grêmio, reduzindo a pó o trabalho dos dirigentes de futebol que foram afastados e também o de Renato.

E, castigo supremo para o presidente, Roth entrou em campo não com três volantes como faria nos velhos tempos. Não, Roth imitou Renato ao começar a partida com Clementino, sinalizando que iria para cima, como realmente foi. E o time até que estava bem, chegando na área do Coritiba, mas aí perdeu Brandão.

Por falta de alternativas no banco, colocou Adilson, deixando Clementino e Escudero. Lógico que com esses dois na frente, municiados por Adilson, FR e Fernando, o gol seria quase impossível. Depois, entrou o jovem Mamute, que sumiu perdido entre os zagueiros, entre eles, o ótimo Émerson.

Pois é, o Grêmio que perdeu é o Grêmio que Renato tinha para escalar, com a desvantagem não ter o excelente Júlio César.

Parece castigo aos fanfarrões e vendedores de ilusão.

Roth já fez a sua parte, evitou o rebaixamento. Agora é só cumprir a tabela.

Por falar em treinador, Marcelo Oliveira é um fenômeno. Com esse time fraco de individualidades, foi vice campeão da Copa do Brasil, perdendo para o Vasco na final, e faz boa campanha no Brasileiro.

Sugeri esse treinador ao Grêmio após a saída de Renato. O sr. Odone preferiu Julinho Camargo – fato que ele omitiu em deu desabafo acusatório com delírios de grandeza.

INTER

Ao golear o Vasco por 3 a 0, o Inter contrariou a todos (eu inclusive) que prognosticaram que o time sem Leandro Damião cairia muito e se afastaria do G-5. O Inter renasceu campeonato.

Não há dúvida de que Damião faz falta, mas o técnico colorado manteve o time equilibrado e tratou de encontrar alternativas para chegar ao gol. É preciso salientar, porém, que a sorte ajudou dessa vez. A começar com o gol de D’Alessandro, um chute com o pé direito que o goleiro saltava para defender. Aí, apareceu uma chuteira no meio do caminho e a bola foi parar no ângulo. Os outros gols foram consequência da vantagem e do desespero do Vasco em buscar o empate.

Teve um pênalti do João Paulo (este guri promete, é muito talentoso) ali pelos 20 minutos do segundo tempo que o juiz ignorou.

A vitória fez justiça ao Inter, que conseguiu conter o Vasco, que faz excelente campanha no Brasileiro. O time está na briga por vaga na Libertadores.

E agora vê o Grêmio mais distante pelo retrovisor.

Se gostou, compartilhe!

  • juca

    Não há meia reserva no elenco depois que o Pessali foi pro time B. Na minha opinião ele é o substituto natural tanto do Douglas como do Marquinhos. Acho inaceitável o guri não ser aproveitado, enquanto nulidades como William Magrão e Diego Clementino recebem chances.

  • moacir sampaio

    Com a falsa lesão do miralles achei que roth iria se fechar.Não fez isso.O time até rendeu.Quando saiu o brandão nosso SIR voltou a velha forma e colocou o adilson.Pq não ficou com mamute e clementino? E depois roth piorou ao tirar o clementino e deixar a criança sozinha.
    Adilson entrou muito mal.Pq roth, perdendo, não adiantou o mario e deixou adilson na lateral?
    Mario ficou atras e adilson com sua imensa qualidade distribuindo a bola.
    Hoje o grupo mostrou sua fraqueza e nosso SIR sua imensa qualidade como técnico.

  • ilgo

    Acho que o Grêmio perderia com ou sem Brandão.
    é claro que sem Brandão o time perdeu o pouco de força
    que tinha no ataque.

    Depois, Roth errou nas substituições. Por que jogar tanta responsabilidade
    sobre o piá?
    Se jogadores como Pessali não ganham chance, por que Mamute? Solução mágica
    de acreditar que o guri poderia resolver?
    Acho que ele deveria ter deixado Adilson mais atrás e avançado o Fernando.

    O título de Sir tá balançando…

    Curiosa mesmo essa lesão do Miralles, aí tem coisa.

  • Felipe Neri Tricolor

    Presidente politiqueiro descomprometido + dirigente remunerado mediano + treinador limitado + plantel limitado = resultados pífios e mediocridade, ou seja, meio de tabela.

    Onde estava o ‘POdrone’ ontem? Porque não mandou mais recadinhos ao Renato?

    Politiqueiro cara-de-pau, fanfarrão e incompetente que não tem hombridade para assumir os próprios erros mas tem a cara deslavada e a língua afiada para falar mal dos outros sempre de modo oportunista, na hora “boa”. Na hora ruim desaparece covardemente!!! Porque será que nosso time em campo – fora de casa – tb é exatamente assim? Coincidência? Na hora do “vamo vê”, na dificuldade, no ambiente hostil, jogadores desaparecem, o técnico se borra todo perna abaixo e volta a ser uma versão “piorada” de si mesmo… e assim vamos fazendo essa campanha deprimente e mais uma vez indigna da grandeza do clube.

    ***

    Celso Roth pensou muito mal o jogo, preparou mal psicologicamente o time (quando vc escuta o Fernando dizendo que iriam entrar para segurar o Coxa nos 15 mim iniciais, ou seja, segurar o empate nesse período, vc já sabe que estaremos mais próximos da derrota pois a postura seria o contrário do que fizemos contra o Santos marcando meia-pressão desde a saída de bola); além disso, Roth escalou ‘desastrosamente’ o banco e substituiu pior ainda – voltando aos velhos tempos de Burroth, Derroth… para tristeza e cólera da nação tricolor.

    ***

    Impossível de avaliar o menino Yuri de 16 anos, sozinho lá na frente numa posição que nem é a sua ao que me consta. Por quê não levar jnrs mais experientes como Everaldo, Wesley, Émerson, algum velocista tipo o Sandro ou outro, colocar Pessali ao invés do alemão Adilson, que só pode jogar e ser reserva da primeira função e nenhuma outra, pois não existe com a bola nos pés, é um legitimo cabeça de bagre. Liquidou com o time jogando de meia avançado na direita, assim como o Collaço que tá sempre no banco e só compromete quando entra, se o menino Dener joga menos que ele, o que não acredito, então dispensem os dois já!

    ***

    Mário Fernandes e Júlio César nada puderam sem parceria, simplesmente não conseguiamos passar o meio pela absoluta falta de armação e atacantes que fizessem o mínimo que seria acertar passes e prender a bola na frente, respectivamente. Escudeiro correndo sozinho, desapareceu, pois corria a toa. A bola batia e voltava, só ficamos nos defendendo até tomar o segundo gol. Foi ridículo e enervante de se ver, um time que não consegue organizar um ataque sequer, que não conseguia dar um “susto” sequer no adversário. É muita ruindade. Lamentável, irritante, de causar vergonha e constragimento!

    ***

    Falta plantel, sim. Mas ontem faltou, principalmente, treinador. Pois, direção, tem faltado há 15 anos. E Conselho não existe; ainda mais com seu presidente Raul Régis mera figura decorativa e moribunda, que não tem peito nem para cumprir o estatuto, que seria o básico! Só temos mesmo a torcida, que não é valorizada, só desrespeitada e explorada.

    Por isso, não esqueçam de pagar em dia suas mensalidades, trouxas! O presidente velhaco oportunista POdrone agradece via torpedo no seu celular!

  • Deni

    eu disse que vinha uma lesao aí, foi o que aconteceu, minha pre

    monicao se concretizou em 50%
    s maior que o aproveitamento do gremio, seguirei profetizando…

  • Hillary

    Quem um minimo que seja de conhecimento ou informação de futebol, não precisa ser nenhum expert, já sabia desde o advento deste distribuidor de camisetas:vamos de soluço em soluço ate terminar o campeonato, ganhando uma aqui, empatando outra acolá e principalmente perdendo não só pro grandes como também pros médios..realmente perder sem ter uma unica situação de gol prum time onde o Everton é titular, o Rafinha é desfalque, meu Deus, o suicidio é um dever1

    Mas nosso presidente deve estar bem feliz, pois tem sua comissão tecnica preferida, seu diretor executivo esperto e bem falante, que no dia que chegou já anunciou a todos os cantos da terra:”o Gremio precisava de um atacante e agora nós já temos” o ultra mega top blaster super hiper uber brandão que o coitado do Cruzeiro na pindaiba que está nem quiz, que tal????

  • Andre

    Ilgo e Francisco,

    Mamute tem mídia forte desde cedo, mas quem acompanha a base sabe que ele até idade infantil sempre foi diferenciado pela questão fisica e força, mas no juvenil as coisas ja começaram a mudar, assim sendo não não jogou nada nos 2 grenais do juvenil assim como todos jogos que pegou adversarios com força também , acho que qualquer jogador p/ subir elenco profissional tem que conseguir se destacar na categoria juvenil ou juniores, no grenal que teve na copa Laci Ughini ele não fogou nada, mas até fez 1 gol de cabeça onde o seu marcador deixou ele cabecear sozinho sem nem precisar pular, fora isso não jogou nada também, ele deve jogar Laci Ughini, brasileiro sub20 e taça SP, depois disso se ele conseguir se destacar pode até subir p/ profissional, mas desconfio que ja viram que não vai conseguir então apressaram a subida p/ tentar valorizar ele como promessa e seu empresario vender parte dele p/ algum grupo de investidor como faz com todos seus atletas e como o Celso Roth tem o mesmo empresario que Mamute é fácil entender porque desse absurdo.

  • rafael

    O jogo do Inter era pra ter sido 6… 7
    tamanha a superioridade!

    Como joga esse D’alessandro… craque… craque… craque!
    É um dos prazeres de se ir ao Gigante… ver o futebol desse craque do futebol!

    é diferenciado…. segura a bola, gira, passa e domina com rara qualidade, drible curto e visão de jogo, cria jogadas diferentes toda hora!

    e como sabem jogar juntos D’ale, Guina e Kleber!

    se o D’alessandro tivesse mais força física e velocidade seria titular absoluto dos maiores da Europa!

    É o melhor jogador do RS desde que chegou nessas terras!

  • ilgo

    André, essa da ligação com o Jorge Machado é dose pra mamute.
    ajuda a explicar tanta pressa.
    explica talvez a ‘lesão’ do Miralles.