Collares, uma decepção

É ruim quando uma pessoa que a gente admira e confia nos decepciona.

Nunca me decepcionei com o Collor, Sarney, FHC e o Lula. Nunca nada deles esperei diferente do que eles fizeram e ainda fazem.

Ficaria arrasado se o Brizola tivesse em algum momento me decepcionado. Ele era e é minha referência política.

Enfim, muita gente já me decepcionou ao longo da vida. E não tenho dúvida de que devo ter causado decepção a alguém.

Só para me limitar ao âmbito da política:

Alceu Collares, sim, me decepcionou. Sei que posso surpreender – e até decepcionar – alguém com essa afirmação: eu gosto do Collares. Quer dizer, cada vez gosto menos. Mas sei que muita gente o detesta, inclusive entre esse grupo ao qual se aliou aqui no Estado, o PT. Por interésses, como diria o tio Briza, eles trocam sorrisos.

Houve uma época, Collares na prefeitura e no Piratini, em que o PT simplesmente tentou destruir seu novo parceiro. O PT fez de tudo para liquidar o Collares, e não apenas o político, mas o cidadão.

Hoje, Collares está ao lado desse pessoal, apoiando o Tarso. Insinuam que é por causa do emprego que ele tem no governo Lula. Emprego de consultor, em que se aparece de vez em quando e se ganha uma nota. Na ZH de hoje ele evitou dizer quanto ganha e lembrou sua história para respaldar sua decisão sob todos os aspectos lamentável. Ele sustenta, ainda, que está seguindo a diretriz traçada pelo PDT nacional: que é ficar ao lado de Lula e do PT.

Collares nunca foi de seguir diretriz, a não ser quando lhe interessasse.

Enfim, Collares volta a me decepcionar. A primeira vez foi quando ele assumiu o governo do Estado, derrotando o PT, que depois o atacou ferozmente como um pitbull faminto.

Eu esperava, naquela época, que ele, como seguidor de Brizola, fizesse uma revolução modelo na educação gaúcha, com melhores salários para os professores e uma política séria e diferenciada nessa área.

Ele fez uma revolução, mas uma revolução negativa, com aquele absurdo que foi o calendário rotativo idealizado por sua companheira Neusa.

Foi uma grande decepção. Até maior do que esta de apoiar o PT para o governo gaúcho, porque desde aquela época estou vacinado em relação ao Collares. O que ele diz e faz já não me surpreende tanto.

Agora, é duro assistir à derrocada de uma pessoa que a gente um dia admirou.

É por essas e outras que sei o quanto sofreram aqueles petistas autênticos, sinceros em seus propósitos, que um dia depositaram suas esperanças em Lula, José Dirceu, Genoíno e outros.

Por outro lado, não entendo aqueles que, mesmo decepcionados, continuam fiéis.
Quer dizer, até entendo…

De minha parte, voto agora no que considero o menos pior.

Se gostou, compartilhe!