Homenagem ao único técnico campeão do Mundo pelo Grêmio

Em 1982, logo ao assumir como vice-presidente de futebol do Grêmio, Alberto Galia (já falecido) tinha como primeiro objetivo contratar um treinador, e só a partir daí começar a busca por jogadores.

Era um outro tempo, primeiros anos de um futebol realmente profissional, mas ainda distante da farra dos milhões de dólares que movimenta o circo do futebol, no qual em pouco tempo jogadores conseguem ficar milionários.

Acompanhei de perto o Galia, um sujeito tranquilo e amável, mas rígido nas questões financeiras. Repórter da Folha da Tarde, eu era obstinado em dar notícias em primeira mão, o furo.

Eu tinha convicção de que ele não iria demorar em anunciar o escolhido, que eu suspeitava ser alguém de pouco nome e remuneração menor.

Sabia que a ideia dele e do então presidente Fábio Koff era investir mais em jogadores do que em treinador. Mas poderia ser despiste.

Um nome martelava minha cabeça: Valdir Espinosa, que tivera rápida passagem pelo clube como técnico em 1980 e depois havia trabalhado pelo Londrina e Ceará. Além disso, em 79 havia sido vice gaúcho com o Esportivo, superando o Inter.

Eu tinha uma certeza, a contratação poderia sair a qualquer instante. Passei o fim de semana ligado, obcecado. Temia ser furado.

Não havia celular, é bom não esquecer. Descobri que Galia estava em seu sítio, na Glorinha.

No domingo, início da tarde, calor do cão, lá fomos nós, o fotógrafo e o motorista num flamante fusca 1.3, sem ar condicionado.

Não foi fácil encontrar o sítio, mas chegamos lá. Fomos recebidos efusivamente pelo Galia e familiares.

Conversei durante quase uma hora com o Galia. Muito discreto e precavido, ele não confirmou Espinosa, mas deixou claro que o ex-lateral gremista, o cara que dois anos antes havia indicado Renato Portaluppi ao Grêmio, tinha o perfil exigido pela nova direção.

Em resumo, foi o que escrevi. Não apostei mais forte porque o acerto poderia não ocorrer ou até Espinosa são fosse o nome melhor cotado.

Bem, o material foi publicado no dia seguinte, segunda-feira. Se não me engano, duas páginas, com direito a fotos de Galia em seu belo sítio.

Dois ou três dias depois Galia anunciou Espinosa. Ithon Fritzen como preparador físico, se a memória não me trai.

Foi assim, com uma comissão técnica barata (sem a figura do diretor remunerado com poder de decisão) e enxuta que o Grêmio começou a aplainar o caminho para os títulos da Libertadores e do Mundial, em 1983.

No comando, Valdir Espinosa, tendo o respaldo de Galia e Koff.

Por seu gremismo, profissionalismo e competência, além de ser o único técnico campeão Mundial pelo Grêmio, Espinosa merece um busto de bronze na Arena.

Descanse em paz, Espinosa (17/10/1947-27/02/2020).

29
Deixe um comentário

Please Login to comment
13 Comentários
16 Respostas
1 Seguidores
 
Comentário mais recente
Comentário mais popular
13 Comentaristas
Grêmio Semprenelsongzregahcp@gmail.comRodrigo MelloCOPIÃO DE TUDO Recent comment authors
  Seguir discussão  
novos antigos
Notify of
heraldolanger@hotmail.com
Membro
heraldolanger@hotmail.com

Que bonita homenagem Ilgo! Parabéns e muito obrigado.

Rodrigo Mello
Membro
Rodrigo Mello

Baita recordação, imagino o quão difícil era dar um furo de reportagem na época, sem os meios de comunicação atuais. Um dia triste para todos nós Gremistas. Que descanse em paz Espinosa!

Henrique Silva
Membro
Henrique Silva

Ilgo,
Aos poucos, integrantes e membros que marcaram época em 1983 vão deixando saudades…..
Desde o massagista Banha, Koff, Galia, Espinosa, Fritzen, Mário Sérgio, Tarciso, Caio…….dos que me recordo……
Pessoas importantes que contribuíram para deixar o Grêmio no topo do mundo.
As mémorias da época são marcantes.
Que Espinosa siga nos ajudando lá de cima.

Wilson Santos
Membro
Wilson Santos

Grande Espinosa, que descanse em paz, devagarinho estamos perdendo nossos ídolos de infância.😢

COPIÃO DE TUDO
Membro
COPIÃO DE TUDO

Descanse em paz, Valdir Atahualpa Ramirez Espinosa.
Inesquecível e eterno ano de 1983.
Obrigado por tudo, foram bons tempos.

nelsongz
Membro
nelsongz

Parabéns, Ilgo! Tiveste uma grande vitória como repórter, mas maior ainda foi a vitória do Espinosa, o treinador mais vitorioso da história do Grêmio, que merecia maior reconhecimento do que teve. Se Renato é o maior ídolo da história do Grêmio, Espinosa foi quem trouxe este ídolo para o Grêmio e quem, verdadeiramente, lançou este ídolo no time titular e no estrelado mundial. Espero que ele ganhe, agora, o campeonato da vida eterna. Amém!

nelsongz
Membro
nelsongz

Desculpem o erro, corrigindo “e no estrelato mundial”. Estrelado é o céu.

GremistadeSantiago
Membro
GremistadeSantiago

Merece um busto sim, com toda certeza….e que descanse em paz!!!!

anneschne@gmail.com
Membro
anneschne@gmail.com

Disseste tudo,Ilgo! Valeu….

ATÉAPÉ
Membro
ATÉAPÉ

SÃO POUCOS OS HOMENS que entram para a historia de um clube e que serão lembrados por milhões de pessoas enquanto esse clube existir. Parabéns, Valdir Espinosa. Você é um desses homens. Graças a você e seu grupo de jogadores deixamos a província e conquistamos pela primeira vez a America e depois o Mundo. Descanse em paz.

cassiogomespf@hotmail.com
Membro
cassiogomespf@hotmail.com

Que descanse em paz o eterno Espinosa.
Alguém ai viu a noticia que Ferreira e agente estão crescendo o olho e não querem renovar o contrato?? E ele esta treinando com os juniores??

COPIÃO DE TUDO
Membro
COPIÃO DE TUDO

Cassio, o agente dele é o mesmo do Tetê e está tentando usar o clube que é a principal vitrine para o atleta da base outra vez, e é exatamente por isso que para promover aos titulares, lapidar, lançar e cravar titularidade existem inúmeras nuances no percurso que todos nós desconhecemos, mas a maioria da torcida pensa que é só subir e lançar no time porque o guri é bom. Como disse um amigo de adolescência titular da Copa de 1990, “futebol é uma banca de negócios desde 1974, e a FIFA está envolvida”. Taí. “Há plausus”, mas ….. Oremos… Leia mais »

cassiogomespf@hotmail.com
Membro
cassiogomespf@hotmail.com

Mais um mercenário safado.
Ingrato com o clube que ta projetando ele.
Que o grêmio deixe ele com os juniores pra sumir dos holofotes….

COPIÃO DE TUDO
Membro
COPIÃO DE TUDO

Concordo, por isso que tenho confiança total nesta gestão em “todos os sentidos”.
Taí mais um exemplo disso, aguardemos.

Rodrigo Mello
Membro
Rodrigo Mello

Teu amigo é o Valdo? Ídolo no final dos anos 80

nelsongz
Membro
nelsongz

Grêmio 1 a 0, adivinha quem fez? Ele mesmo, Pepê. 4 gols em 2020, primeiro pelo Grêmio.

nelsongz
Membro
nelsongz

Pois é, PP dribla o goleiro, sofre pênalti, não sei se por pedido do Alisson ou determinação do Renato, Alisson bate o pênalti e o goleiro defende.
Não dá para tapar o sol com a peneira, o momento é do PP como titular e Alisson no banco, que além de perder o pênalti já havia perdido outros lances de ataque.

regahcp@gmail.com
Membro
regahcp@gmail.com

Alisson muito útil, mas Pepê é letal.
Difícil ele perder algum gol.

nelsongz
Membro
nelsongz

Também acho o Alisson um jogador muito útil, se for para a reserva podera até voltar a ser titular, mas quem joga 180 minutos e não consegue fazer um gol no Caxias precisa de jogadores letais, como bem disseste.

Grêmio Sempre
Membro
Grêmio Sempre

Ilgo Wink, muita força a familia do Valdir Espinosa, era criança em 1983 e lembro daquela façanha numa madrugada. Lamentável esta perda Deus conforte sua familia.