Faltam zagueiros, sobram opções na frente

O futebol é mesmo empolgante. Marcelo Oliveira, quem diria?, virou problema. Estamos diante de um jogador-problema, segundo boa parte da torcida, pelo menos a mais ruidosa, que se manifesta de forma truculenta e desrespeitosa em relação a alguns profissionais que vestem o manto tricolor.

Até o jogo-treino desta noite, na Arena, empate por 0 a 0 diante do Juventude, MO era problema porque jogava. Agora, porque talvez não possa jogar. Ele saiu de campo lesionado e deve ficar de fora do jogo contra o São Luiz, domingo, 19h, em Ijuí.

Não sei como estão os titulares Geromel e Kennemann, só sei que a direção do Grêmio, tão eficiente e atenta, está brincando com fogo ao não reforçar o time com pelo menos um zagueiro, que seja minimamente competente. Andaram falando em Paulão. Ora, se não tem coisa melhor, por que não? ele jogou bem com Renato, tanto que arrumou um belo contrato no exterior.

O que não pode é ficar improvisando a toda hora um volante como zagueiro. Domingo, foi Michel. Agora, Rômulo. Vai fazer isso na Libertadores pra ver o que acontece. Ou num Gre-Nal.

Se há carência na zaga, sobram possibilidades do meio para a frente.

Por enquanto, com alguns jovens ganhando espaço e lesões que afastam um ou outro, Renato vai levando, fazendo um rodízio para testar as melhores alternativas para escolher seu onze titular. Chegará o momento em que ele terá de definir, por exemplo, quem é o camisa 9. Ou até mesmo – e torço por isso -, que não haverá um camisa 9, um centroavante típico. E sim um ataque móvel, com muita movimentação na frente.

Outra questão, quem será o jogador para fazer o flanco direito, ao estilo Ramiro? Eu colocaria Thaciano, já escrevi a respeito, mas meu palpite é que ele vai optar por Alisson, que voltou bem e tem ficha 1, a meu ver. Alisson não marca tão bem , mas tem mais qualidade com a bola nos pés, e é um jogador inteligente.

Diego Tardelli está recuperando o ritmo de jogo, e quando estiver bem Renato terá de arrumar um lugar pra ele: falso 9 ou na direita.

Marinho apenas como alternativa.

Mais um dilema, o volante ao lado de Maicon. Eu acredito que Michel é o primeiro da fila. Mas Matheus Henrique pede passagem. Não duvido que Renato mude o esquema para um 4-3-3, acomodando MH como um dos três volantes. Jean Pyerre fica como opção ao Maicon.

Bem, vamos aguardar os próximos movimentos de Renato nesse tabuleiro de xadrez.

Se gostou, compartilhe!