Gauchão agora é prioridade absoluta

O Grêmio deve priorizar mesmo o Gauchão. É duro ter de admitir, mas o time construído não tem condições de conquistar a Libertadores.

Fora isso, a caxumba tirou dos gramados o melhor jogador do time, Geromel, o único zagueiro qualificado do grupo.

Nem é bom lembrar que outro talento, Miller Bolanos, não foi devidamente aproveitado em função de uma cotovelada.

Outra coisa: apesar de várias tentativas, não foi contratado um lateral direito à altura das exigências de uma Libertadores.

Sem contar que o lateral-esquerdo esqueceu o futebol jogado no ano passado, e hoje é conhecido como Avenida Marcelo Oliveira.

Então, são situações que contribuem para fragilizar o Grêmio na Libertadores, ameaçando inclusive essa competição menor, que é o Gauchão.

Mas pelo jeito é que o resta.

Então, para não terminar o ano de novo sem um título, fora os do cartório, o Grêmio tem de ir para o jogo contra o Juventude com o que possui de melhor na opinião do técnico Roger Machado.

Ganhar do Juventude e ir para a final da competição administrada pelo colorado tornou-se obrigação.

Condições para isso o Grêmio tem, e de sobra, ainda mais se contar com apoio de sua torcida, sempre presente nos bons e nos maus momentos.

 

 

 

35
Deixe um comentário

Please Login to comment
0 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais recente
Comentário mais popular
0 Comentaristas
Recent comment authors
  Seguir discussão  
novos antigos
Notify of