Celso Roth vem aí?

Se o Walter não comer antes, a batata do Dunga vai assar. E vai assar muito rápido.

Por campanha até superior a esta, outros treinadores foram escorraçados do Inter. Não vou citar nomes porque a lista é longa.

Dunga só não caiu porque ainda é respeitado e, sem dúvida, temido pela maior parte da imprensa.

Mas agora a situação mudou de figura. Ninguém esperava um empate com o Vitória depois de estar vencendo por 2 a 1, jogando com o apoio de sua torcida, que, aliás, foi em número reduzido a NH. Medo das arquibancadas móveis ou desânimo com o time? Ou as duas coisas?

Dunga foi chamado de burro. Quando isso acontece é o começo do fim. Toda a revolta nem é tanto pelo empate, mas principalmente porque o Inter escapou de ser derrotado. Sim, derrotado.

E olha que o Vitória tem um time que entra em campo pedindo pra perder. O Inter apertou cinco minutos e fez dois gols, ambos com D’Alessandro.

Aqui entre nós, o argentino é um dos poucos que realmente parece integrar a ‘família Dunga’.

Aquela história de que Dunga tem o controle do vestiário pode ter acontecido em algum momento, mas passou.

Os jogadores não abraçam mais a causa Dunga. Não, não fazem corpo mole. Só não são mais Dunga Futebol Clube. Com exceção do D’Ale e mais uns dois ou três, entre eles o Índio, que é ‘cavalo cansado’, expressão que um luminar do Grêmio usou certa vez referindo-se a Mauro Galvão. O ‘cavalo cansado’ foi dispensando e acabou ganhando tudo e mais um pouco com a camisa do Vasco. Mas Dunga, este sim, está muito próximo da aposentadoria.

Aliás, no começo do ano eu disse aqui e em alguns programas que o Inter tem uma defesa fraca. Que ficou pior com a saída de Moledo. Então, penso que hoje ninguém mais questiona esse fato que apontei há muito tempo, recebendo em troca o desprezo de colorados.

Mas voltando à batada do Dunga.

O vice-presidente Marcelo Medeiros é candidato à sucessão de Luigi, chamado de ‘seminarista cansado’ por um seu desafeto rancoroso.

Marcelo disse depois da derrota para o Santos que o Inter tem time para obter melhores resultados.

É a senha. O treinador não está sabendo explorar o potencial do time maravilhoso que a direção montou. Sim, os dirigentes na hora do aperto sempre dizem que o time é bom e que o treinador é que não sabe tirar proveito disso.

Numa comparação com Renato, que pegou o bonde andando e quase saindo dos trilhos, Dunga está perdendo, e feio.

Essa comparação sem dúvida está sendo feita nos bastidores do clube. A mídia faz de conta que não vê. Evita a comparação porque aí teria que enaltecer Renato e diminuir Dunga.

O fato é que Marcelo Medeiros não vai permitir que sua candidatura naufrague por causa do treinador.

E Luigi, especialista em ganhar tempo, talvez tenha que agir rapidamente desta vez.

A torcida pediu Abel Braga, que ganhava R$ 1,1 milhão por mês no Fluminense.

Desconfio que ‘Celso Roth vem aí’.

18
Deixe um comentário

Please Login to comment
0 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais recente
Comentário mais popular
0 Comentaristas
Recent comment authors
  Seguir discussão  
novos antigos
Notify of