A peneira colorada

Quando ouço e leio gente pedindo que o Renato arme um time mais ofensivo, olho para os lados da beira do rio.

Enquanto o Grêmio segue firme no grupo de cima principalmente porque tem um sistema defensivo sólido e confiável, o Inter – e a comparação é inevitável – tem uma defesa que parece uma peneira. Vaza contra time forte, contra time médio e também contra time fraco.

A defesa colorada levou tantos gols quanto o lanterna do campeonato, o mesmo Náutico que aplicou 3 a 0 no Inter, inaugurando uma série de seis jogos sem vitória do time comandado por Dunga, que permanece preservado pela crítica esportiva.

Fosse o Renato com tantos jogos sem vitória, não tenho a menor dúvida de que estariam cantando, debochadamente, ‘Celso Roth vem aí”.

Penso que esse grande sucesso musical precisa voltar as paradas imediatamente.

Dunga, que tem história marcada como jogador de defesa, de marcação, está fracassando na tentativa de armar uma defesa consistente.

Neste empate contra o Goiás, obtido com muita luta, porque o time estava levando 3 a 1 dentro de casa, mais uma vez o ataque salvou a pátria. Uma derrota talvez resultasse em críticas, nada muito importante, claro, porque a paciência que se tem com Dunga não é a mesma dedicada a Renato, nem mesmo por parte de boa parte dos gremistas.

O campo encharcado não explica. O campo estava ruim para os dois. O Goiás também tem jogadores de muito boa técnica, a começar por Walter. Fico imaginando o que ele não teria feito num gramado seco.

94
Deixe um comentário

Please Login to comment
0 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais recente
Comentário mais popular
0 Comentaristas
Recent comment authors
  Seguir discussão  
novos antigos
Notify of