A sorte que andou sobrando agora faltou

Assim como venceu jogos que poderia ter perdido ou empatado nessa série de 9 pontos seguidos no Brasileiro, o Grêmio acabou perdendo um jogo que, se tivesse vencido, não teria nada de injustiça.

A Vila Belmiro, decididamente, não faz muito bem ao Grêmio. Só pode ser uma energia negativa que impediu os gols de Kleber e de Barcos no começo do segundo tempo. Um gol naquele momento perturbaria esse time novo do Santos, que tenta se acostumar sem Neymar. Não é fácil.

O Grêmio, por momentos, chegou a ter o controle do jogo. O único que realmente incomodava era Montillo. O Kleber fazia o mesmo em relação à defesa do Santos.

Gostei da postura do Grêmio. Enfrentar o Santos na Vila, onde não perde há quase 30 anos, não é fácil para ninguém.

A derrota foi uma injustiça. O empate ficaria de bom tamanho.

Com o 1 a 0, gol do jovem Gabriel, que em poucos minutos mostrou que tem muito futuro, o Santos complica a vida gremista na Copa do Brasil.

Depois da eliminação da Libertadores, eu escrevi que os esforços deveriam ser concentrados nesta competição, não no Brasileiro. Força total na Copa do Brasil. A sorte que andou sobrando recentemente, faltou nesta noite.

Agora, pelo que vi do Santos, que não terá Edu Dracena, penso que dá para se classificar. Desde, claro, que chances como as desperdiçadas por Kleber, Barcos e Souza sejam melhor aproveitadas.

ZÉ ROBERTO

Interessante a reportagem pós-derrota. Bastou uma derrota para todos lembrarem que Zé Roberto existe. Zé Roberto, como sabemos, está lesionado. Mas isso não impediu que se perguntasse quem vai sair ou se muda o esquema quando ele voltar.

Quer dizer, bastou uma derrota para que se lembrassem de Zé Roberto, que, só na cabeça de neófitos, é reserva desse time de esforçados que Renato conseguiu organizar.

Em caso de outra derrota (toc-toc-toc), já perguntarão pelo Elano e não faltará alguém para dizer que está tudo errado.

Aliás, já tem gente criticando o esquema de 3 volantes, 3 zagueiros. É evidente que essa foi a maneira que Renato encontrou para dar equilíbrio e consistência ao time, e que com a volta de Zé Roberto e Elano as coisas vão mudar. Ou alguém acredita que Ramiro tem bola para deixar deixar Elano ou Zé Roberto no banco?

Olha, eu até tentaria Ramiro na lateral-direita, embora, ao meu ver, Pará tem melhorado bastante de rendimento. Quem olhar despido de preconceito verá essa é uma realidade.

BITECO

Guilherme tem me decepcionado. Mas é culpa minha. Eu pensei que ele fosse um jogador de drible fácil como o Carlos Eduardo ou o Anderson. Mas não. Guilherme hoje em dois lances ficou de frente para a marcação, tentou o drible e perdeu a bola. Guilherme, que me chamou a atenção há dois anos e até comentei aqui, não é tudo o que parecia ser.

Meu olho clínico precisa urgente de uma avaliação com um oftalmologista.

Já o Matheus me parece estar num nível acima do mano mais velho.

A IVI do RW

O titular da cornetadorw estava eufórico hoje à tarde. São cerca de 2 mil votos para escalar a seleção da dita imprensa colorada.

RW me disse que tem um time completo com vários reservas. Não posso acreditar que haja tantos colorados na midia.

Os torcedores se enganam facilmente. Para uns, tal jornalista é gremista; para outros, o mesmo jornalista, é colorado. E isso mostra o quanto o sujeito é isento. Ou não?

Bem, não importa. A seleção será divulgada em breve.

O RW me revelou em primeira mão quem é o capitão do time. O cara venceu disparado.

Vou manter o mistério.

Vou sortear uma 1983 e um copo entre os que escreverem pra mim e acertarem.

É só uma chance para cada um. Valendo…

Se gostou, compartilhe!