Tite, a salvação de gremistas e sãopaulinos

Continuo no aguardo do meu visto para o Casaquistão, onde serei recebido não como um exilado político, mas como exilado esportivo.

Cheguei a pensar em me esconder em Cuba, onde nem à internet teria acesso, mas desisti porque aí estaria em território altamente hostil, sem qualquer tipo de liberdade. Talvez até acabasse numa masmorra como tantos que lutam contra a ditadura da múmia ambulante.

O fato é que a iminência de o Inter ser bi da Libertadores e o Grêmio tri na segundona me apavoram. Tenho amigos colorados que já compraram caixas e caixas de foguete. Um deles, ampliou uma foto do Roth e colocou na parede do seu quarto. Escreveu em cima: “São Roth”.

Outro colorado, que odiava o goleador Alecsandro até mais que o Juremir Machado, agora jura que não o trocaria nem pelo Nilmar.

Tenho amigos gremistas que não sabem mais o que fazer. Foram ao Olímpico quarta-feira, xingaram até a quinta geração do Duda, do Meira e do Silas, sairam do estádio sem voz e sem rumo. Andam como zumbis pela Cidade Baixa. Já passaram por todos os bares e ‘inferninhos’ da João Alfredo.

Estou viajando nesta sexta para o oeste catarinense. Existem muitos gaúchos por lá, a maioria gremista. Entre outras coisas, vou conferir se o Rio Uruguai subiu muito e se é verdade que dezenas de gremistas estão se suicidando por causa do time armado pela dupla Duda/Meia, com influência do Aprendiz.

Prometo notícias.

SAIDEIRA

Com o Inter subindo como o prestígio do Fortunatti depois que abriu a Ramiro bloqueada pelo PT, e o SP caindo como o conceito do Collares depois que abriu voto para o Tarso Genro, só vejo uma saída para impedir o bi colorado.

Claro, tem ainda a esperança de que Roth confirme sua biografia, mas já escrevi que a queda do Roth acontece depois de três meses. Portanto, na decisão da Libertadores ele ainda estará por cima da carne seca.

A minha sugestão é que o SP afaste de uma vez o Ricardo Gomes e contrate o Tite. Essa do Dunga é dose. O Dunga é outro aprendiz. Silas não, por favor. Seria ótimo que ele saísse, mas não para o SP, ao menos agora. Silas treinando o SP apenas aumentaria as chances de o Inter ser campeão.

Minha sugestão, então, é Tite no SP. Ninguém conhece o Inter melhor que o Tite, nem o Fernando Carvalho.

Se o SP quer ser campeão, que contrate o Tite. Além de conhecer o time colorado melhor do que qualquer um, Tite costuma se dar bem contra o Roth, seu freguês de caderno.

Se alguém puder, repasse essa sugestão à diretoria do SP.

Tite, a salvação.

Sigo agora para o oeste catarinense.

Até domingo, ou segunda.

Se gostou, compartilhe!