Surge uma grande equipe: a Alemanha

Brasil e Argentina voltam para casa mais cedo do que esperavam seus comandantes e comandados.

Boa parte da imprensa e da torcida dos dois países, na realidade, desconfiavam que a eliminação na Copa não tardaria. Muitos dos freuqentadores do boteco tinham o mesmo pensamento, inclusive eu.

Escrevi várias vezes que bastaria um adversário mais forte e mais organizado que os dois sucumbiriam.

Foi assim com o time de Dunga. Foi assim com o time de Maradona.

Dois aprendizes. Na hora do aperto, da dificuldade, é que o técnico precisa fazer a diferença, justificar seu salário.

Contra os fracos, os jogadores resolvem sozinhos, praticamente.

O bom treinador aparece na hora ruim. É assim com Silas no Grêmio. Não seria diferente com Dunga e Maradona.

O argentino volta com o rabo entre as pernas. Caiu de quatro diante dos alemães. Dunga ainda retorna com um mínimo de dignidade. Perdeu por 2 a 1 jogando com um a menos, o que reduz sua culpa, embora o expulso tenha sido por ele convocado, contrariando todos os que conhecem um pouco de futebol.

Chega de perdedores.

A Alemanha surge agora como grande favorita. Enfim, uma grande equipe, ao que tudo indica. Fui cético na estreia alemã, mas meter 4 a 0 na Argentina numa decisão de Copa do Mundo não é pra qualquer um. É coisa de cachorro grande.

Agora, é preciso ressaltar que o placar foi duro para a Argentina, que concluiu inúmeras vezes de média distância, mas normalmente no centro de goleira.

Vejo na Alemanha alguns talentos: além do goleiro, o lateral e capitão Lahn deu uma aula de como jogar na posição; o volante Schweinsteiger é só espetacular (este sim, não o Mathias do Fernando Carvalho), uma maestro, um marcador e, além de tudo, tem muita técnica como mostrou no terceiro gol; Podolski, o Klose e o Muller. Talvez tenha esquecido algum.

A Holanda é melhor que a Argentina.

Quem sabe a Holanda não devolve o que aconteceu em 1974…

SAIDEIRA

O Aprendiz do Olímpico afirmou peremptoriamente (sempre lembro do T. Fernando, não adianta) que M. Fernandes com ele é lateral.

Sempre desconfiei dessa declaração. Ele parecia mandar recado para alguém. Para o empresário Machado, dono de 50% do passe do guri?

Não sei. O fato é dias depois M. Fernandes volta pra zaga.

A desculpa do Silas é mais do que esfarrapada para justificar dua mudança.

Aí tem coisa. Ou tinha coisa. Ou então o aprendiz é um cagalhão.

Com todo o respeito.

Se gostou, compartilhe!

  • Zé Esquilo

    “PEQUENA” a deiferença entre a TUNDA que levou a equipe do Maradona e derrota da equipe do Dunga, em lances onde nenhum treinador do mundo pode fazer absolutamente nada p impedir, com o primeiro gol holandês, ontem. FARIAS O QUÊ BLOGUEIRO, pra impedir um gol daqueles, que “tática’ usarias?
    Ora, bem diferente foram os gols q a equipe do Maradona levou. Imagina se o Mano Menezes ou o Dunga, tivesem um Veron à disposição e deixassem mofando no banco, enquanto o adversário dava UJ BANHO DE BOLA?
    Dunga provou que, fora o Felipão, não poderia ser outro o técnico. Tinha de ser ele.
    E te digo, um dia, lá na frente, quando o Brasil estiver mal numa eliminatória, o Dunga.

  • Zé Esquilo

    heheheh, hoje na ZH, matéria sobre a partida entre Grêmio e Argentinos Juniors, do Maradona. Perguntado sobre o time gremista Maradona falou: ” É uma equipe comum, o INTER É MUITO MELHOR”. HEHEHEH

  • Não fui eu que convoquei o F. Melo, o genérico do Cesar Prates, o veterano Gilberto, o Grafite, o Josué (que quando jogava no SP reclamou que o Dunga só convocava jogador do exterior, e acabou, depois, premiado).
    Não fui eu que deixei de fora o Alexandre Pato, o Ganso, o Hernanes, o Lucas.
    Não fui que transformei a seleção num convento, numa prisão, sem folga para os jogadores.
    O erro de Dunga foi sair do 8 para o 80. O meio termo sempre é o melhor caminho.
    Dunga tem méritos, sim, mas cometeu erros que ajudaram (eu disse ajudaram) o time a fracassar no seu objetivo.
    Se o F. Melo tivesse folga para dar uminha antes do jogo talvez não jogasse tão tenso, EHEHEHEHEHEHEHEH

  • Segundo rezam a maioria dos ditos especialistas de futebol na sub 17 é que surgem os craques do amanhã.
    Pelo visto o verdadeiro celeiro de craques do RS é AZUL, pois o BI está quase definido após a brilhante vitória de hoje na PUC por 2 a 0 sobre o time da beira d’água. Mostrando a diferença entre os nomes Leandro criou muito e Cleber e William marcaram. Outro que vem se destacando é o lateral direito Guilherme. Belo trabalho do treinador.
    Grêmio: Jonatan, Guilherme, Matheus, Bruno e Carlos Alexandre, Misael, Mateus, Jean (William) e Everton (Pablo), Leandro (Douglas) e Cleber (Antonio).
    Técnico: Cristian de Souza.

  • Ilgo; a Alemanha pode ter vários talentos, mas agora o Grêmio tem nos juniores quem não está lento que é o centroavante Schumacher Ferreira Barbosa. Corre e marca. Kkkkk Logo vai desbancar o Jonas.

  • Maradona deve estar até agora catando as bolas que levou nas costas. Kkkkkk
    Que não me inventem Mano na seleção. Muito menos o Rotho.
    O ninho de cucos vermelhos deve estar em polvorosa com a derrota. Quem mandou ir buscar destaques em ninhos alheios.
    Aliás, até em Parintins o Caprichoso (AZUL) foi campeão na 45ª edição. Nos juniores o Grêmio também vem bem. Só nos profissionais que venceram por 3 a 0 ao Vasco. Contínuos erros de passes do Ferdinando que entrou no intervalo. Ferdinando errou 99% do que tentou. Finalmente Grohe joga com uma gripe do Victor e mostra que no Grêmio tem goleiros não sendo necessária a grana preta que o Meira pagou ao Victor. Fernando em 5 minutos após substituir Leandro fez mais que o mesmo em 85.

  • Só nos profissionais que venceram por 3 a 0 ao Vasco andamos mal com Silas.

  • Zé Esquilo

    Ah é, o Pato e o Ronaldinho DE 2009/2010, bem entendido, conseguiram ganhar, entre Copa da Itália, Copa dos Campeões e Campeonato Italiano um…brilhante terceiro lugar no italiano, HEHEHEHE
    Que engraçado, o Grêmio vice da América com o Mano e vice do Brasileirão com o Roth, não vale nada, o Milan TERCEIRÃO no italiano, vale muito. Huá huá huá
    P.S. É, o Brasil deixou vários elés em casa, bah.
    E essa de “surge uma grande seleção”, é a mesma que surgira an estríea e criticastes quando erdeu ra Sérvia há duas semaninhas.
    Quando o Brasil ganho ude 3 da Itália, quando goleou Uruguai e Chile e venceu a Argentina LÁ EM RSÁRIO. Dissestes que “surgia’ uma gande seleção?
    Ora, a prória Espanha, nessa Copa mesmo, a crítica desancou o pau.
    Imrensa esortiva é assim/; ganhou é bom, perdeu é ruim. E querem criticar o torcedor que é “um passional”

  • Ilgo; pode ser que me engane mas ao que tudo indica o nome de 2011 pode estar entre Ángel Fabián di María e Paulo Henrique Chagas de Lima.

  • Rafael M.

    Ganso fez cirurgia, sinal de que não tinha condições para a seleção. Ronaldinho já largou, pato mal jogou. Não questiono esses aí, nem a suposta moralidade que o dunga levou à seleção. Embora me incomodasse ver os jogadores falarem como se estivessem contra tudo e contra todos, isso é o de menos.
    Todos sabiam que o felipe melo ia deixar a seleção na mão no pior momento da copa. Dunga bancou o melo, vai ter que se responsabilizar por isso. Quando o kaká não pôde jogar, dunga teve que improvisar, pois não levou um meia sequer para esquentar banco. Kaká indo mal no jogo, dunga não poderia tirá-lo, pois não tinha outro da função.

  • Rafael M.

    Na eminência de perder o michel bastos (segundo amarelo), dunga sacou o “lateral” (sim, ele não joga de lateral na frança) e promoveu a entrada de gilberto. Este, bom jogador, é meia (não lateral) e é banco no cruzeiro. Resultado: buraco na esquerda, roben crescendo (não muito), desorganização geral. Sem elano machucado e ramires suspenso (o cabeça de vento levou o segundo amarelo contra o chile, em um lance infantil), dunga não tinha outro jogador que exercesse a terceira função do meio de campo. Teve que recorrer ao dani alves (ala/lateral), que nunca foi meia.

  • Rafael M.

    Perdendo o jogo e com dez em campo, sacou o luis fabiano que vinha mal para promover a entrada do nilmar. Trocou um centroavante por outro. Ganhou por baixo (velocidade/agilidade/inteligência), perdeu por cima (menor poder ofensivo nas jogadas de bola aérea). Perdendo e com dez em campo, não ousou. Até aí tudo bem. Mas demorou para substituir e não usou todos os recursos disponíveis.
    Talento não pode ser substituído por simples afinidades.
    Hernanes? Lucas? diego? andré santos? kléber?
    Se procurar se encontram outros bons jogadores que ficaram de fora.
    Dunga passou quase 4 anos dizendo que para ser convocado tinha que estar jogando, e na mesma posição almejada. No entanto, levou vários reservas. Michel bastos, gilberto, josué (?), gilberto silva, doni, kleberson…
    Onde está a coerência?
    O miranda, por exemplo, foi convocado inúmeras vezes. Na lista final, foi substituído pelo tiago silva, que até é bom jogador, mas não tem jogado bem no milan e foi poucas vezes convocado. Pra quem não se lembra, o rooney deitou e rolou em cima dele na champions.

  • SCHUMACHER, está aí um nome de respeito. Francisco, ele deve ser um velocista, eheheheheheh (to imitando o roedor maluco)

    Rafael M, o Dunga privilegiou o grupo acima de tudo, e morreu abraçado com ele.

    Ele fechou um grupo, onde ninguem entra, ninguem sai. achou que com isso seria campeão. é um direito dele, mas tem um preço: a frustração da torcida brasileira (to fora dessa).

    Outra coisa: não se pode cobrar coerencia de aprendiz.

    Mano na seleção eu não aguento. Nem o Luxa de novo. E o Autuori, então? suicidio é um dever.

    Só tem um nome: Felipão.

  • O jogo do APAGÃO. Revi a partida contra a Holanda e cheguei nas seguintes conclusões. Julio César que foi considerado o melhor do mundo falhou nos 2 gols. Falhou quando não poderia falhar. A falta de articuladores no meio campo foi fatal, pois não tendo opções não houve criação (Kaká baleado e Ramires fora) e o ataque foi inoperante. Luiz Fabiano o Cabuloso e Robinho Cai Cai é 1 partida bem e 3 apagadas.
    Para o pessoal da região sudeste o preferido é o Paulo Devagar Autuori e o Zico. Eu prefiro alguém que tenha trabalhos mais recentes com a base, pois temos 3,5 anos até a próxima copa e em 3 anos mudam muito os craques do momento. Creio que a sub 17 e a sub 20 deveriam ser preparadas ou acompanhadas por quem comandará a titular de 2014. É meu pensamento.

  • Ilgo; brinca com o HOMEM. Os juniores foram até Santo Ângelo e venceram por 2 a 1. Gérson e Schumacher marcaram e colocaram o Grêmio nas quartas de final garantindo o primeiro lugar da chave 8 com uma rodada de antecedência. O Schumacher veio do Mogi Mirim e pelo visto vai vingar. Terá o Meira já negociado seu contrato ou vai esperar valorizar para efetivar?
    Gérson o desprezado da zaga pela altura mostra que independente da posição é lider e sempre marca o seu. Gérson é o Lugano gremista.
    Dia 7 quarta-feira às 15h, o Grêmio enfrenta o Guaíba no CT Presidente Hélio Dourado, em Eldorado do Sul pela última rodada do returno da 2ª fase. É jogo para ser assistido, pois o Guaíba vem com tudo.
    Assim jogou o Grêmio: Busatto, Spessato, Ewerton, Brock, Dener, Gérson, Emerson (Matheus Vidal), Marcelo (Mateus Magro), Everaldo (Tcharles), Josias (Ricardo Maria) e Schumacher (Almir).

  • A folha de SP comenta que Jorginho é faça o que digo e não o que faço. Denuncia grave de mistura de religião com trabalho como vem ocorrendo com fanáticos de todas as cores e principalmente com alguns da IURD e assemelhados.
    “Frequentador da Igreja Congregacional da Barra da Tijuca, Jorginho participa dos cultos quando está no Rio e habitualmente confunde futebol com religião.”
    “No início da carreira como treinador, tentou trocar a mascote do América carioca em 2005. O símbolo do clube é um diabo. Segundo Jorginho, a mascote era uma das responsáveis pela má fase do time –o último título estadual do América foi em 1960.”
    “Ele queria substituir o diabo por uma fênix. A proposta, no entanto, acabou recusada por dirigentes e torcedores do clube.”
    “O auxiliar técnico de Dunga comandava também na seleção as sessões de oração. Um pastor frequentava a concentração para rezar com os jogadores. Lúcio, Josué, Felipe Melo e Luisão eram os atletas mais participativos.”
    http://www1.folha.uol.com.br/esporte/761586-jorginho-sai-queimado-da-selecao-brasileira.shtml
    E o Dunga não sabia disto?
    Estará este mal circulando pelo Olímpico?
    Terá sido este o motivo da seleção ter sido tão fechada?
    Mas mudando para dar uma cutucadinha: Iniciou bem o escorpião colorado. kkkkkk

  • Rafael M.

    Pelo visto, o roedor acha que josué, julio baptista, felipe melo, grafite, doni, kleberson entre outros vingaram. Tsc tsc tsc…
    Francisco, eu ia postar isso aí. Quando lí, só me veio uma frase: Isso explica muita coisa…
    Estou torcendo pela alemanha e pelo uruguai. nessa semi. Quero ver essa final. Já vinha torcendo pelos dois, especialmente alemanha. Agora vamos ver se não surgem outros erros de arbitragem.
    Por falar em erros, só para não passar batido: o lance que originou a mão do suarez estava impedido.

  • Zé Esquilo

    Jáouvi essa Tese, mas não conferia ainda. Só espero q não estejam flaando por o goleiro estar fora do gol, pois além do Soares havia ouro jogador atrás do goleiro, ou seja, dois defensores. Teria sido antes, o impedimento?

  • Real fantastic information can be found on web blog. I am not merry but I do beguile The thing I am, by seeming otherwise. by William Shakespeare.